segunda-feira, fevereiro 23, 2009

O Oscar e o efeito Obama


Tenho lido, para a dissertação do mestrado, a respeito do imaginário, e o livro Sociologia do Imaginário (emprestado por minha prima Sara), de autoria de Patrick Legros, Frédéric Monneyron, Jean-Bruno Renard e Patrick Tacussel tem sido meu companheiro de viagem nesse Carnaval.
Alguns trechos se prestam a diversas interpretações, que abordarei noutro momento. Um deles, o pensamento de Max Weber sobre essa construção do imaginário coletivo - depois de ver notícia sobre a premiação multicultural da edição do Oscar desse ano -, trouxe-me em mente uma curiosa associação entre cinema e política (o imaginário e o simbólico presentes na dialética do cotidiano). No caso o efeito que a eleição de Barack Hussein Obama, o presidente globalizado, trouxe a eventos globalizantes como o Oscar.
Em tempo de profunda crise econômica mundial, nada mais apropriado, curioso e irônico do que premiar um filme com diretor inglês e elenco indiano, rodado todo na Índia, cujo título é justamente "Quem quer ser um milionário?", que foi o grande vencedor da edição 2009, com oito prêmios, dentre eles os de melhor filme e melhor diretor. Mais: premiar como melhor atriz a talentosa inglesa Kate Winslet e como coadjuvante, a espanhola Penélope Cruz. Um comportamento espelhado na eleição dos EUA? Talvez.

Vejam abaixo fragmento do texto em questão, publicado na França, em 2006, e no Brasil, um ano após (p. 63-64):

"Vários estudos temáticos de Weber comprovam um indiscutível interesse em direção ao mundo imaginário subentendido da maioria das práticas coletivas: econômicas (o pânico nas bolsas, por exemplo), políticas e, certamente, religiosas. A originalidade do sociólogo alemão reside na extensão de um modelo de racionalidade na esfera da interioridade subjetiva. Em suma, a sociedade moderna repousa sobre uma crença familiar de seus membros no fato de que as condições da vida corrente (as trocas comerciais, as leis, as prescrições médicas, os transportes coletivos etc.) são em princípio e na essência, racionais. Porque elas são produtos inventados pelos homens, também são, naturalmente, suscetíveis a um conhecimento e a um controle racional.
Além disto, os indivíduos que compõem esta sociedade atribuem sua crença a coisas artificiais por medo de que elas funcionem segundo regras conhecidas. Passa-se, desde então, a ser possível calcular seus comportamentos, ou seja, predizer seus usos a partir de suas expectativas (1965, p.398). Essa crença é 'em parte, um bem espiritual sendo explicado pelo pensamento, em parte ela é sentida confusamente, em parte sofrida passivamente' (ibid., p. 194); ela vive, em cada um, sob diversas nuanças. Mas ela assegura, sempre, uma validade supra-empírica às idéias de valores bastante elevadas para que a significação da existência se agarre nela, a despeito da variabilidade dos pontos de vista concretos, pontos de vista por meio dos quais nós somos integrados ao espaço intersubjetivo, aquele dos sentimentos e da exigência de reciprocidade."


Se a candidatura e a campanha de Barack Obama mexeram com o imaginário coletivo (em imagens que o associavam, ora a Lincoln, ora a Kennedy), gerando diversas expectativas, imaginem só sua eleição histórica em um momento de grave crise mundial, não apenas econômica, mas ambiental, social, institucional, como também enquanto Nações Unidas precisando recuperar sua força e função, etc... A premiação do Oscar talvez seja uma consequência entre outras mais, fruto do efeito Obama...

Observação: Imagem acima, extraída da internet, do endereço abaixo
http://sound--vision.blogspot.com/2008_10_01_archive.html

4 Comments:

Anonymous Anônimo said...

Olá colega!
Tudo bem?
Navegando por esses mares da internet acabei te descobrindo!!! Parabéns pelo blog!!! É blog que vale a pena ler!!!
Aproveito e digo que copiei uma postagem tua para meu Blog Mídias na Educação (http://midiasnaeducacao-joanirse.blogspot.com/)

Abraços,
Joanirse
NTE - São Luiz Gonzaga

09:55  
Blogger José Antonio Klaes Roig said...

Oi, Joanirse. Que grata surpresa tua visita e mais ainda saber que utilizasses um texto meu em teu blog. Aquela publicação me é muito cara pois refer-se ao ato de educar em senti mais amplo. Obrigado pelo comentário e publicação. Já visitei teu blog mais ainda não comentei lá, o que farei logo logo.
Um abraço, e sucesso nesse ano letivo que se inicia.

12:28  
Blogger Xiaozhengm 520 said...

2015-10-14 xiaozhengm
burberry outlet
Louis Vuitton Backpack Purse
Authentic Louis Vuitton Handbags Cheap Sale
ugg boots
Coach Outlet Store Online Official Website
michael kors uk
ugg sale
coach outlet online
uggs australia
michael kors outlet stores
ugg boots outlet
canada goose jackets
Abercrombie Short T-Shirts
louis vuitton handbags
cheap jordans,jordan shoes,cheap jordan shoes
Coach Factory Outlet Online Authentic
toms outlet
michael kors outlet
uggs clearance
ray ban sunglasses
michael kors outlet online
canada goose outlet usa
Abercrombie and Co Stoves and Awnings
Christian Louboutin Outlet Authentic Sneakers Online
Louis Vuitton Outlet Factory Online
coach outlet store online
coach factory outlet
Kobe Basketball Shoes For Sale
Jordan Retro 8 Playoffs
coach outlet store online
Michael Kors Factory Outlet Online Official
michael kors outlet
ralph lauren
timberland boots for men

08:08  
Blogger dong dong23 said...

michael kors purses
adidas originals
hollister clothing
oakley sunglasses
kobe 11
louis vuitton outlet
louboutin pas cher
louis vuitton handbags
mont blanc pens
ray bans
michael kors handbags
nike uk
jordans
ray ban
jordan 6
ralph lauren outlet
michael kors
christian louboutin outlet
nike air max
tiffany outlet
coach factorty outlet
juicy couture
coach outlet online
michael kors outlet clearance
christian louboutin shoes
coach factory
cheap jordans
nike air max
ugg boots
nike roshe flyknit
true religion shorts
michael kors outlet
fitflops sale clearance
polo ralph shirts
lebron james shoes 12
coach outlet store online
ray ban outlet
louis vuitton
hollister clothing
kevin durant shoes
20164.18wengdongdong

00:00  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home