quinta-feira, março 26, 2009

Microsoft Aluno Monitor destacado pelo Jornal Agora (o jornal do sul)


O Curso Microsoft Aluno Monitor, parceria entre o portal Microsoft Educação e a Secretaria Estadual da Educação (Seduc-RS), e desenvolvido na região de Rio Grande e São José do Norte (extremo sul do Brasil), foi destacado pelo Jornal Agora (www.jornalagora.com.br) de Rio Grande - RS. Vejam abaixo a íntegra da notícia:

Estudantes participam do Programa Aluno Monitor

Mais de 200 alunos da Rede Estadual de Ensino do Rio Grande e São José do Norte estão tendo a oportunidade de aprender ainda mais sobre as ferramentas da informática e a internet. Os estudantes participam do Programa Microsoft Aluno Monitor, desenvolvido em uma parceria entre Microsoft e as Secretarias Estaduais de Educação no Brasil.
A iniciativa tem como objetivo promover a formação em conceitos básicos de tecnologia, o gerenciamento do laboratório de informática das escolas e a multiplicação de conhecimentos para educadores e alunos. A intenção é que, após o término do curso, os estudantes possam auxiliar, de forma voluntária, professores e alunos no uso dos laboratórios de Informática.
Desenvolvido na plataforma do portal Microsoft Educação (www.alunomonitor.com.br), o curso tem a duração 140 horas, e em Rio Grande está sendo oferecido pelo Núcleo de Tecnologia Educacional (NTE) da 18º Coordenadoria Regional de Educação (CRE). Dividido em seis fases, a capacitação é composta por dois encontros presenciais no NTE, na escola estadual Barão de Cêrro Largo, e o restante das aulas são a distância. Os participantes são acompanhados por três tutores: os multiplicadores em Informática educativa Dulcinéa Castro, José Antônio Roig e Janaina Martins.
"Os aluno têm três meses para terminar o curso e precisam ter, no mínimo, 60% de aprovação em cada fase e 70% na média geral do curso", explica Roig. Ao concluir, todos os estudantes irão receber um certificado da Microsoft. Embora o curso já tenha começado, escolas que ainda desejam indicar alunos para realizar a capacitação, ainda tem tempo. "Não há um número limitado de vagas. Por isso o estudante que tiver interesse pode se inscrever. No entanto, terá menos tempo para desenvolver as seis fases, já que os encontros iniciaram na semana passada", explica. A inscrição prévia deve ser feita pela escola junto ao NTE. Para participar, os estudantes devem ter idade a partir de 10 anos. Por enquanto, o curso é desenvolvido para jovens do Rio Grande e São José do Norte. Em breve será aberto também para a rede estadual de Santa Vitória do Palmar e Chuí. Atualmente a 18º CRE possui laboratórios de Informática em 30 das 43 escolas da rede. O objetivo é que até 2010 haja laboratórios em todas as instituições.

Oportunidade
Empolgados com o curso, grande parte dos estudantes já encerraram a primeira fase e foram aprovados. A maioria deles considera uma grande oportunidade poder realizar a capacitação e com isso atuarem como monitores de Informática nas escolas.
Everton Oliveira Gonzales, de 12 anos, está na 7ª série da Escola Estadual Treze de Maio. Na primeira fase, o menino acertou logo 80% das questões. "Estou achando muito interessante o curso. Além disso, é uma forma de aprendermos mais e ajudar no laboratório de Informática da escola", afirma. O menino pretende também continuar os estudos, já que ele quer cursar Direito.
Para Andria Almeida, 16 anos, o curso é uma oportunidade que poucos têm e sua expectativa após encerrá-lo é poder passar aos colegar o que aprendeu. "O conteúdo é bem interessante e irá ajudar bastante para que possamos fazer outros cursos futuramente", diz. Ela e a colega Thaís Tosze Martins, de 14 anos, estão no primeiro ano do Ensino Médio, na Escola Estadual Roberto Bastos Tellechea. Thaís vê no curso a possibilidade se ir mais além. "Além de ajudar na escola, também pretendo fazer um Tecnólogo nessa área. Com o curso será bem mais fácil", diz.
Melina Brum Cezar


Fonte:
http://www.jornalagora.com.br/site/index.php?caderno=19¬icia=63789

Observação: Imagem acima, de Gérson Pantaleão, para o Jornal Agora - Rio Grande - RS.

2 Comments:

Anonymous Melina Brum Cezar said...

Já que haviam "zero' comentários...resolvi (plenamente envaidecida) vir aqui deixar o meu!
Lá no jornal Agora as notícias de educação geralmente vêm ao meu encontro...
Que bom..pois em meio a tantas fatos ruins de violência e descaso político, é através dessas matérias que vejo que algo está sendo feito pelas nossas crianças e jonvens...
Há pouco tempo acompanho o blog do Roig...mas me sinto feliz em ver que ele e outras pessoas no Brasil lutam para melhorar a educação no país, que infelizmente ainda beira os piores indíces globais...
Parabéns educadores...Obrigada Roig por divulgar a reportagem...

11:35  
Blogger José Antonio Klaes Roig said...

Oi, Melina.Eu é que tenho que agradecer a oportunidade da divulgação deste e doutros projetos por ti e pelo jornal Agora. Curiosamente, para a maioria dos jovens, o que não existe no Google, não existe de fato (segundo pesquisa com alunos dos EUA e Brasil). Com a sociedade é a mesma coisa, o que não aparece na TV, não é veiculado por rádio e jornal, parece não existir, mesmo que nós que somos da área da educação e jornalismo, respectivamente, saibamos que projetos e atividades interessantes nem sempre são noticiadas pela Grande Mídia. O jornal Agora é um desses poucos veículos de comunicação que tem esse enfoque social, de além de divulgar coisas da comunidade e da sociedade, dá vez a todas as vozes, um jornal plural, diferentemente de certos conclomerados em que a visão úinica de um assunto é o que prevalece. Portanto, se cabe um agradecimento é meu com vocês do Jornal Agora, por essa divulgação que encontra enorme repercussão, não apenas na cidade e leitores do mundo real, mas na internet com os leitores do mundo virtual. Um abraço, Zé Roig.

13:00  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home