sábado, abril 04, 2009

S. C. Internacional: 100 anos de glórias



Neste dia histórico, em que o S.C. Internacional, meu time do coração, completa seu primeiro centenário, não poderia deixar de prestar minha sigela homenagem. Viva o Colorado!
Como brinco com meus alunos - aqui no RS há uma rivalidade imensa entre Inter e Grêmio -, sempre quando inicio algum curso, pergunto quem gosta de matemática, e a resposta é meio a meio; ai pergunto quem gosta de informática. Bom, ai a resposta é 101% (risos). Desses, pergunto quem gosta de internet, e todos levantam a mão. Então concluo que: quem gosta de INTER... net é colorado e não sabia! Mesmo os gremistas. Claro que recebo vaia dos, digamos, não-colorados.
Apesar da rivalidade, não costumo torcer contra o Grêmio, quando ele representa meu estado e país. Mas quando é contra meu time, claro que a torcida é ferrenha pra um time que já teve craques como Falcão, Valdomiro, Carpeggiani, Manga, Taffarel, Gamarra, Lúcio, Pato, Sóbis, Tinga, Fernandão e tantos outros (uma galeria fantástica), e que hoje, através de uma administração eficiente, revela novos craques e incorpora jogadores consagrados a um plantel qualificado.
Em artigos de opinião, publicados em jornais da região, tenho debatido a relação entre esporte e política, que são quase siameses...
Em 2006, quando o Internacional finalmente tornou-se de vez um time internacional, eu e a família fomos comemorar junto a outros colorados da cidade, e a emoção foi imensa. Um time acertado, enfrentando e vencendo o multimilionário Barcelona, com Ronaldinho Gaúcho (ex-Grêmio e outros), foi uma façanha histórica.
Mas não foi algo ao acaso. Lembro que cinco anos antes, o presidente Fernando Carvalho, quando assumiu prometia tornar o time competitivo e vencedor daqui a cinco anos. Dito e feito, com um trabalho de planejamento, trazendo profisisonais competentes, quando o time montado fez os cinco anos, começou a vencer e empilhar títulos. Exceto aquele discutível campeonato brasileiro (2005), com o escândalo da arbitragem tirando pontos de uns e favorecendo um só; mais um jogo com o próprio favorecido indiretamente, em que o árbitro Márcio Resende cometeu erros bisonhos que definitivamente influenciaram não apenas no placar do jogo como no título daquele campeonato, o resto deu a lógica... Na Libertadores de 2006 o Inter passeou em campo...
O projeto Genoma Colorado, como o próprio nome diz, parceria do clube com outros clubes do interior gaúcho e de outros estados, revelou diversos jogadores promissores que têm sido incorporados ao time principal, e outros até já indo pro exterior, como Pato. Enfim, um clube que soube planejar seu futuro e investir nos jovens. Exemplo a ser seguido por outros. O Genoma requer que os jogadores estejam matriculados e frequentando regularmente a escola para continuarem no projeto.
O programa Esporte Espetacular, da rede Globo, tem sido um dos programas que mais tem divulgado indiretamente o poder terapêutico e educacional do esporte. Todas as manhãs de domingo, mostrando como através do esporte e, em especial, do futebol, crianças e jovens conseguiram superar graves problemas sócio-econômicos, a até de saúde. São lições de vida a cada domingo, mostrando também "o lado escuro da Lua", para esses aspirantes a craque, que são muitas vezes iludidos por falsos empresários.
Educação e esporte deveriam estar ligados umbilicalmente, pois corpo são, mente sã, já dizia a muito tempo a sabedoria popular. O esporte afasta os jovens das drogas, mostra o lado competitivo da vida, mas também ensina como é importante o trabalho em equipe. Se o esporte é coletivo, o espírito de equipe é fundamental, e a própria seleção brasileira de futebol, considerado o berço dos maiores jogadores do planeta, demonstra na prática como não basta talento individual sem um coletivo bem ajustado. Assim como o atleta que compete de forma solitária, precisa ter apoio de um treinador, patrocinador, empresário, família, etc. Ninguém é sozinho, nem vai muito longe de forma solitária.
Na escola, a mesma coisa... Hoje, com o advento da tecnologia no ambiente escolar, cada vez mais requer que o trabalho em equipe seja mediado pelo professor, que por mais qualificado que seja, não tem como conhecer tudo sobre tudo, num ambiente virtual em constante transformação. A cada dia eu, que sou especialista em TICs na Promoção da Aprendizagem; que tenho uma rede de amigos e colegas que compartilham seus saberes; que participo de listas de blogueiros educacionais; que me informo e vou atrás das novidades; pois a cada dia me surpreendo com a infinidade de recursos e possibilidades que estes proporcionam ou podem proporcionar no ambiente escolar. Como já comentei noutras postagens, cabe ao educador do século XXI, com a mente no século XXI, e não no XIX, reconhecer que o aluno domina melhor os multimeios e a tecnologia em geral mais que nós, sejamos ou não especialistas. E dominam pois sabem compartilhar suas descobertas com os colegas e amigos, são multifuncionais e multifocais. Sabendo utilizar esse potencial nato do aluno e motivá-lo a usar tudo isso em propostas e projetos educacionais é um grande desafio e uma motivação.
O que não podemos é continuar acreditando que o magister dixt (o mestre disse!) é o que vale, e que os alunos devem se adaptar ao nosso pensamento e não nós ao deles... Temos que conhecer o mundo do aluno para poder interferir educacionalmente de forma eficiente e significativa para ambos.
Sei que a proposta era homenagear o Internacional, mas descambei como sempre pra educação, tecnologia, arte, cultural, etc etc etc. Desculpem-me, é que me considero ainda um aluno, sempre querendo aprender mais e mais... Sou multifocal e multifuncional. Quem me conhece sabe que falo mil coisas ao mesmo tempo, faço mil coisas ao mesmo tempo... Já estou no século XXI... Risos.
Pra finalizar o post, ainda falando de educação, sugiro a leitura de um outro post, um texto incrível que li hoje, da colega e amiga Tati Martins (também escritora e poeta), editora do blog Mulher é desdobrável. Eu sou, conforme link abaixo:

"São as crenças dos professores sobre os alunos que determinam o efeito professor e seu ensino"

Para os internautas, que adoram navegar no ciberespaço, sejam flamenguistas, corinthianos, santistas, palmeirenses, etc, já aviso, como faço com meus alunos: Quem adora a INTER... net é colorado e nem sabia! Risos.
Viva o Sport Club Internacional, o campeão de tudo! E que novas conquistas venham neste e nos próximos anos. Saudações coloradas a todos os leitores deste blog.

Observação 1: Imagens acima, papéis de parede, extraídos da internet, do portal do Internacional http://www.internacional.com.br/
Observação 2: Este post era pra contém uma imagem e breve comentário sobre o centenário do Inter, mas involuntariamente deu no que deu. Risos.

7 Comments:

Blogger Robson Freire said...

Olá Amigo Zé Roig

Só uma coisa:

PAIXÃO NÃO TEM LIMITES.

Parabéns ao Internacional pelos 100 anos e a ti pela bela postagem.

Abraços

11:24  
Blogger José Antonio Klaes Roig said...

Oie, Robson. Realmente, futebol é uma paixão nacional, e quando bem gerido dá seus frutos. pena que não pude participar das comemorações na capital. Mas andei ontem e estou hj fardado com a camiseta do timão, pois hj tem grenal. hehehehehe. Um abração,

14:23  
Blogger Tati Martins said...

Olá, Roig!
Você sempre tão querido prestigiando minhas postagens. Obrigada! Perdoe essa amiga aqui tão sem tempo... Leio-o sempre no Google Reader. Isso facilita a vida da gente e dificulta o contato com os amigos blogueiros, pois acabamos não entrando no blog para deixar comentários.
Com relação à sua paixão pelo futebol, pouco posso comentar. Sou uma total ignorante nesse esporte. De vôlei falo um pouquinho, serve -rsrsr?
Mas vamos falar de eduçação...
Você escreveu:
"cabe ao educador do século XXI, com a mente no século XXI, e não no XIX, reconhecer que o aluno domina melhor os multimeios e a tecnologia em geral mais que nós, sejamos ou não especialistas. E dominam pois sabem compartilhar suas descobertas com os colegas"
Sabe uma coisa que tenho pensado? Existe mais medo, preconceito e bloqueio dos professores do que real conhecimento dos alunos. Vejo pela minha "clientela". Meus alunos são de classe média alta, usuários constantes de Orkut, MSN, Youtube, mas fora as ferramentas da moda adolescente, pouco sabem - com exceção dos aficcionados. Nós temos uma falsa ideia de que eles são os tais, poderosos. Hoje percebo que eu, dentro de todas as minhas limitações - e juro não são poucas - dou um banho em prática de uso em uns 90% deles.
O que considero importante na sua citação é a questão da troca, da partilha. Eles sabem viver o que o professor Jarbas Novelino chama de "comunidades de paixão". Trocam e partilham tudo o que descobrem e de que gostam. Aí, talvez esteja a grande diferença entre eles e nós, nascidos antes dessa geração.
Não tenho dados sobre o que estou falando. São apenas sensações, elucubrações de minha prática diária.
Um beijinho, querido!

12:38  
Blogger José Antonio Klaes Roig said...

Oi, tati. Concordo contigo sim. Os alunos dominam é a interface dos equipamentos. Sabem usá-los, mas de sua maneira e seus interesses. Quando se propõe algo além do trivial, ai sim, damos banho neles. Tua percepção é a minha. Refiro-me no uso da tecnologia, em sentido amplo, de que eles conseguem saber a mecânica do aparelho, equipamento, mais rápido que nós, mas não têm essa visão além do lúdico, da brincadeira. Ai sim cabe nossa intervenção. Teu comentário é ótimo para um debate. Gostei, brigadão. Um abraço, Zé.

12:46  
Blogger Xiaozhengm 520 said...

2015-10-14 xiaozhengm
Michael Kors Outlet Online USA Stores
abercrombie and fitch
tory burch sale
Michael Kors Outlet Discount Purses Online
Canada Goose Jackets Outlet Online Sale
Polo Ralph Lauren Factory Outlet
Prescription Oakley Sunglasses Wholesale
hollister uk sale
Coach Outlet USA Stores
ugg boots
hermes bags
air max 95
michael kors handbags
Authentic Montblanc Pens Sale Online
Louis Vuitton Bags On Sale Cheap
Louis Vuitton Neverfull GM Monogram
canada goose outlet
Michael Kors Online Store Outlet
fitflops
coach factory outlet
michael kors outlet
louis vuitton
Air Jordan Shoes For Women And Men
ugg boots
Red Bottom Shoes Christian Louboutin
nike free run 2,nike free runs,nikes,nike air max 95,nike high tops,air force 1,nike pegasus
cheap jerseys
Nike Lebron James Shoes For Sale
ugg boots sale
louis vuitton handbags
Hollister Shirts For Women
Designer Handbags Louis Vuitton

08:05  
Blogger dong dong23 said...

cheap toms shoes
coach factory outlet
cheap oakley sunglasses
kate spade handbags
celine
abercrombie & fitch
michael kors handbags
kate spade
coach outlet online
louis vuitton outlet
oakley sunglasses
jordan 11s
michael kors bags
michael kors outlet online
nike basketball shoes
coach factory outlet
true religion jeans
nfl jerseys
christian louboutin
michael kors outlet
nike free run
hollister clothing store
hollister clothing
ray ban sunglasses discount
nfl jerseys wholesale
nike outlet
ray ban outlet
louis vuitton bags
michael kors outlet online
oakley sunglasses
nike running shoes
louis vuitton
oakley sunglasses
adidas uk
cheap oakleys
gucci handbags
nike roshe runs
true religion outlet
coach outlet
louis vuitton handbags
20164.18wengdongdong

00:03  
Blogger chenlina said...

chenlina20160726
louis vuitton outlet
coach outlet
polo ralph lauren outlet
tory burch outlet
giuseppe zanotti sandals
adidas shoes
coach factory outlet online
coach outlet online
oakley sunglasses
cheap jordan shoes
tory burch handbags
kate spade handbags
coach outlet store online
polo ralph lauren
coach outlet
christian louboutin shoes
louis vuitton
coach outlet
jordan 6
louis vuitton outlet
kate spade handbags
replica rolex watches
louis vuitton outlet stores
louis vuitton outlet
gucci handbags
coach factory outlet
air jordans
gucci outlet
true religion
cheap jordans
true religion outlet
air max 90
coach outlet
louis vuitton outlet
michael kors handbags
replica watches
adidas originals
gucci outlet
oakley sunglasses
toms outlet
as

04:54  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home