segunda-feira, março 09, 2009

Ecomídia Marinha: vídeos para download gratuito


Recebi semana passada com grata satisfação mensagem de correio eletrônico de Jeison Paiva, que fez junto com o professor Ulrich Seeliger, da Fundação Universidade Federal do Rio Grande do Sul (FURG), o video documentário "Litoral Selvagem", que eu já havia destacado no blog Letra Viva, em 2008.
Jeison informou-me que o segundo vídeo intitulado "Um Mar Quase Doce", lançado na última feira do livro da FURG, no balneário do Cassino, em Rio Grande - RS - Brasil, já está também disponível para download gratuito no site: http://www.ecomidia.pro.br.

Como educador, tive a oportunidade de conhecer o "Litoral Selvagem", em um curso de educação ambiental que participei como cursista, e pretendo baixá-lo, juntamente com "Um Mar Quase Doce", pela beleza das imagens e a riqueza de conteúdos, para pode utilizar em projetos e atividades com alunos e professores, no Núcleo de Tecnologia Educacional (NTE) Rio Grande/18ª CRE, no qual sou multiplicador de informática educativa.
Diante da vida cada vez mais agitada que levamos, muita gente - inclusive eu - desconhece as belezas naturais do próprio entorno de onde vive. Sempre que posso, procuro ir a locais que tenham essa potencial de riqueza natural, onde nos sentimos mais á vontade, longe do corre-corre da modernidade. Lá o tempo parece escoar de forma diversa da percepção caótica que temos do cotidiano. Se não conhemos o nosso particular, como poderemos entender o universal?
Iniciativas como essa do prof. Ulrich, Jeison e outros pesquisadores, disponibilizando o fantástico material de pesquisa, socializando o conhecimento - e não os deixando empoeirar-se sobre prateleiras -, são atitudes que merecem ser sempre destacadas e divulgadas. Que com outras produções desse quilate sejamos no futuro brindados.

A FURG é uma universidade federal que se destaca por essa inclusão na comunidade, além da longa pesquisa na questão ambiental, dando apoio às missões na Antártida (Esantar), etc. E me sinto orgulhoso por ser aluno dessa instituição. Nela já cursei Direito, depois a especialização em História do Rio Grande do Sul e atualmente o mestrado em Letras (área História da Literatura), sem falar em diversos cursos de extensão como o de Arqueologia Náutica (com acadêmicos de História e Oceanologia), de idiomas (Grego koine, concluído e francês instrumental, que tive que interromper, devido a uma série de atividades paralelas), entre outros. Mas que toda essa gama de conhecimentos me proporcionaram a ter uma outra visão de mundo.
Sem essa destacada instituição pública de ensino superior, provavelmente não teria podido fazer a maoiria desses cursos, nem teria esse compromisso social, fruto da consciência de que sou o que sou, graças as possibilidades de estudo e aperfeiçoamento que pude ter, por conta de uma instituição pública de ensino superior que é integrada a sua comunidade.

Valorizar a educação pública de qualidade é um compromisso de todos! E o cidadão que pode receber essa formação, deve oferecer em contrapartida também o seu melhor, na medida de suas possibilidades. E o retorno é garantido. Os vídeos e o projeto Ecomídia marinha é uma pequena mostra disso. E sua utilização no meio escolar, seja da região Sul, do Rio Grande do Sul, extremo sul do Brasil, ou além das fronteiras daqui, é uma grande possibilidade de proporcionar material a educadores e alunado, promovendo indiretamente a educação ambiental a distância.

Agradeço, portanto, a Jeison pela valiosa informação e parabenizo mais uma vez a ele e ao prof. Ulrich Seeliger, pela página do Ecomídia, pelos vídeos e acima de tudo, pela inciativa de disponibilizá-los gratuitamente para download. E que novos vídeos sejam feitos para nosso deleite e satisfação. Vejam abaixo maiores detalhes sobre o portal e os vídeos, extraída da página do Ecomídia Marinha (www.ecomidia.pro.br).

ECOMÍDIA MARINHA

Conteúdo disponibilizado:

Vídeo-documentários atraem grandes platéias devido ao seu fascínio audio-visual. São fortes formadores de opinião e eficientes fontes de informação, quando baseados em sólidos conhecimentos científicos. Assim, têm papel importante na popularização dos conhecimentos ecológicos. Ecossistemas costeiros do Brasil são pesquisados por décadas, no entanto, faltam vídeo-documentários que popularizem os conhecimentos ecológicos de maneira precisa e resumida. Isto se deve, em parte, pela carência de sínteses desses conhecimentos, por cientistas experientes, para elaborar roteiros de fácil compreensão, porém sem omitir informações relevantes. Por outro lado, se deve pela exigência de captar as imagens e os sons em todas as estações do ano, o que acarreta em um elevado tempo e custo de produção. Espera-se, que nossos documentários estimulem uma mentalidade marítima e ajudam na aprendizagem sobre os ecossistemas costeiros brasileiros.


Litoral Selvagem


O documentário ilustra a flora e a fauna das praias e dunas da costa Atlântica, descreve os processos e as funções ecológicas de cada ambiente e enfatiza as interferências mais graves do Homem.

Um Mar Quase Doce

O documentário identifica a flora e a fauna e as características ecológicas do sistema lagunar Patos-Mirim, bem como os riscos ambientais do estuário da Lagoa dos Patos.

Observação: Imagem acima, extraída do portal Ecomídia Marinha, conforme endereço www.ecomidia.marinha.pro.br.

2 Comments:

Blogger Leah said...

Muito obrigada. Eu sou um voluntário em Cabo Verde, e eu trabalho na área de educação ambiental. É muito difícil encontrar recursos (filmes, actividades, livros) grátis na Internet em português! Nós temos uma falta grande destas coisas, então estou tentando fazer um banco de recursos para professores. Sempre estou buscando mais. Obrigada

11:10  
Blogger José Antonio Klaes Roig said...

Oi, Leah. Fico feliz em poder contribuir coma divulgação dos vídeos do projeto Ecomídias. Lá na página, estão postados outros formato. Muito obrigado pela visita e comentário. Um abraço, Zé Roig.

20:23  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home