sábado, maio 31, 2008

O comportamento espelhado e a sociedade


Caros visitantes, gostaria de refletir com vocês sobre um tema que já escrevi um artigo de opinião, publicado em jornal impresso aqui da região, em 17/03/2006. Mas o artigo intitulado "Comportamento espelhado", tinha como enfoque o esporte, e, em especial, o futebol, em que os astros da bola impõem um padrão de comportamento visivelmente refletido nos jovens, e a importância dos bons exemplos do esporte serem incentivados e os maus exemplos criticados, sempre.
Refletir é justamente sinônimo de espelhar... Toda a crítica é uma tomada de posição, não necessariamente contra algo ou alguém. A verdadeira crítica de costumes, além de analítica, deveria ser propositiva. Afinal, atirar somente pedra já é um comportamento espelhado por si só, desde os tempos bíblicos...
Tomando como base a própria pintura de Norman Rockwell (imagem acima), em que retrata uma menina observando-se no espelho, posso dizer (é afirmação minha, e não opinião catedrática), que a sociedade moderna tem a aparência de uma Velha Senhora, que julga-se uma Adolescente diante do espelho do tempo. A sociedade é como O Retrato de Dorian Gray: faz um pacto para não demonstrar seu envelhecimento, e todos que leram esse clássico da literatura mundial sabe bem o custo desse trato. Dependendo da concepção de tempo que tivermos (Santo Agostinho, Bakhtin, Einstein), teremos uma concepção (religiosa, literária, científica, etc.) de mundo também.
Os jovens, sejam filhos, alunos, colegas, se inspiram nos mais velhos - desde que o mundo é mundo. E estes dão exemplos que podem ser benéficos ou prejudiciais a uma criança em formação identitária. Nossa personalidade, desenvolvida até os 7 anos, segundo estudiosos, é fruto normalmente do meio em que vivemos e convivemos, em grande parte do tempo, antes de entrarmos para uma escola regular. Como sempre friso, os primeiros educadores que uma criança tem são seus pais ou responsáveis. Se o perfil da família contemporânea está fragmentado, fruto de uniões instáveis, o relacionamento e o reflexo desse jovem na escola e na própria sociedade será instável também. Não há como fugir à essa regra perversa, salvo quando a escola e os educadores - acima de suas atribuições profissionais - "adotam" esses filhos de ninguém, ainda que de pais presentes no espaço, mas ausentes no tempo de crescimento e desenvolvimento escolar e identitário. E essa ausência pode ser de corpo presente sim. Não precisa ser concreta, quanto ao espaço, mas sim quanto ao tempo dispendido por pais, responsáveis e educadores aos filhos/alunos. Um bom aluno, normalmente, espelha-se em um bom pai ou em um bom educador. É a lógica de um mundo mercantil, competitivo e individualismo ao extremo, em que a descartabilidade de coisas e gentes é vista a olho nu (até de Marte, se houvesse vida inteligente lá, como desconfio que até aqui não se possa afirmar com certeza tal situação, vide a destruição contínua do meio ambiente, nossa casa, nosso lar, nossa nave-mãe Terra!).
Sabemos de antemão que não apenas jovens são suscetíveis do espelhamento social. Basta perceber a quantidade de nomes de crianças, escolhidos por pais por conta de protagonistas de telenovelas (Jade, Dara, Sol, etc.); modas de saias de cigana, brincos de tal forma, calças de tal jeitos, sapats de tal tipo, e outros merchadising embutidos na programação televisiva. Grupos musicais se reproduzem mais que o ciclo de reprodução dos coelhos, fruto desse espelhamento buscando a fama, o sucesso e o dinheiro fácil, que é realidade para poucos. E por aí, vai o imenso espelho da sociedade, e seu comprtamento reflexo.
Se assistirmos ao noticiário ou lermos os jornais impressos, veremos na maioria deles, cópias uns dos outros, e páginas e mais páginas de um mundo caótico, que apesar de crimes violentos, bárbaros, cruéis e inexplicáveis; nesse ponto, não creio ser o espelho da sociedade, pois do contrário nem eu, nem você nem ninguém mais existiria para ler essa postagem. Não tenho tais dados oficiais, mas suponho que se utilizarmos como parâmetro a proporcionalidade entre a população a a taxa de crimes, evidentemente que a cada ano aumentam mais, comoa própria população. Mas se analisarmos percentualmente o que isso representa no universo da população, os psicóticos, os criminosos são minoria barulhenta, que a mídia em geral reflete em escala maior, muitas vezes para aumentar a própria audiência. Não é mostrado o outro lado da Lua na programação. Se calcularmos a quantidade de pessoas presas e outras tantas com mandado de prisão expedido, e vermos o que isso representa, por exemplo, no Brasil, no universo demográfico de mais de 180 milhões de habitantes; ou em escala menor, ver o que representa a quantidade de presos de uma cidade no levantamento populacional, perceberemos as distorções que todo espelho que se propõe a ser a imagem fiel do seu reflexo - mas não o é -, nos mostra como a verdade única e cabal.
Mas que há um comportamento espelhado em escala menor, isso há. Vejam só: quando a menina Isabella foi jogada do 8º andar (e que me desculpe o perito pago pela defesa do casal acusado e preso: tanto faz se a menina foi jogada de cabeça ou pelas mãos, pois existiu o crime hediondo e a morte brutal), dias depois outra menina caiu ou foi jogada de um prédio por seu pai; quando noticiam bebês jogados ao lixo, ou abandonados em lugar ermo, aparecem 2, 3 casos similares. Recentemente o condutor de um veículo foi preso por dirigir por mais de 3 km numa avenida de uma grande cidade brasileira e dias depois outro caso muito similar aconteceu. Não sou psicólogo nem psiquiátra, mas empíricamente posso creditar essas situações a pessoas desequilibradas e pouco originais, que no desespero ou no uso de substâncias ilícitas procuram de forma inversa chamar a atenção para si (ou estão realmente fora de si). Nesse caso, esse comportamento espelhado não é um reflexo da própria sociedade, mas de indivíduos desajustados emocional e socialmente.
Ah, como era bom meu tempo de infância e das Histórias de Faz-de-Conta, em que os espelhos, as bruxas e as madrastas não eram mais que personagens de pura ficção, e que seus equivalentes no mundo real não cometiam atos muito mais tresloucados e cruéis, que nem a mais pervertida das mentes poderia conceber. Nunca sei, na questão do comportamento espelhado, quem imita quem: se a vida à arte, ou se é tudo um trágico espelho inverso...
Observação: Imagem acima, quadro de Norman Rockwell, intitulado "Girl in mirror" (tradução livre minha: Menina no espelho), extraída da internet, do endereço
www.ithaca.edu/.../rockwell_girlatmirror_640.jpg

6 Comments:

Blogger ARTEROSANE said...

Amei o seu blog!!!
Muito legal!!
Aparece lá no meu!!!

21:06  
Blogger Robson Freire said...

Olá amigo

Só existe uma palavra para expressar sobre o seu artigo: ESPETACULAR.
Além de atual e maravilhosamente escrito (como sempre) o amigo faz considerações muito importantes no que tange aos bons exemplos e ações nessa nossa sociedade já bem envelhecida em violência e ainda bem jovem em cultura. Os padrões de consumos hoje ditam os modelos de comportamento morais, éticos e sociais. Quando você caro amigo imaginou que um broto, mina, gatinha ou guria ia gostar de ser chamada de cachorra, mas agora é legal ser cachorra, acredite.
Mas temos nossa parcela de culpa pela falta de tempo, pela falta de bons programas na televisão e pela enxurrada de noticias tristes que invadem o nosso lar e nessa correria diária deixamos nosso filhos a merce da babá eletrônica mas sofistica e moderna: a TV.
Imagina caro amigo que encontrar uma carteira de dinheiro e devolve-lá o faz ser uma grande otário e não uma coisa normal. Levantar para dar lugar a uma pessoa idosa ou uma mulher gravida ou uma moça, como falou para mim um rapaz no ônibus : Que Mané, agora vai em pé!
E a novela que se findou os "bons" exemplos foram muitos: roubo, falsidade ideológica, homossexualismo, adultério, corrupção, impunidade coisas bem triviais que já fazem parte do nosso dia a dia.
Imagina eu tendo que explicar para minha filha de 9 anos que Bernardinho casar com o Carlão hoje e "normal".
Mas como todo bom nascido nos anos de chumbo, não desisto e tento através de ações diária e bons exemplos mostrar a eles que o único caminho começa e termina na sala de aula.
Parabéns pelo maravilhoso texto que você nos brindou nessa chuvosa manha de domingo.

Abraços do seu amigo

Robson Freire

10:07  
Blogger José Antonio Klaes Roig said...

Oi, Rosane, visitei teu blog, e gosto de tudo que envolva ate, voltarei pra comentar lá também. Obrigado pela visita e comentário.

11:12  
Blogger José Antonio Klaes Roig said...

Oi, Robson. Pois é amigo, somos da mesma geração, que conviveu com a censura, a ditadura, a violência e sobreviveu. A geração atual convive com a liberdade - e quase a libertinagem dos meios de comunicação, não que eu seja puritano, mas vejo distorçõs desse espelho mágico que tornou-se a Televisão aberta... A teleiv~soa também, e discutirei isso noutra postagem, não é o espelho da sociedade, elo simpls fato que eu, vc e tantos outros sabemos de projetos e atividades exitosas que deveriam apoarecr na telinha ou telona, e nem são conhecidas do respeitável público. O gosto da audiência é a TV e seus "gestores" que formam e deformam. Se colocar programa de qualidade o público gosta, mas desde que nãos eja no madrugadão, que o povo trabalhor não tem acesso, ou em TV por assinatura. Já discuti isso, inclusive num artigo chamado Pay-per-view (Pague para ver). Quem sabe, qualquer hora rproduzo aqui no LV. Fico grato pela visita e comentários, do amigo e colega que desenvolve tb um grande trabalho de consciência crítica da sociedade no blog Caldeirão de Idéias. Um grande abraço, Zé.

11:17  
Anonymous Anônimo said...

http://prixviagrageneriquefrance.net/ viagra
http://commanderviagragenerique.net/ commander viagra
http://viagracomprargenericoespana.net/ viagra precio
http://acquistareviagragenericoitalia.net/ viagra

17:26  
Blogger Xiaozhengm 520 said...

2015-10-14 xiaozhengm
burberry outlet
Louis Vuitton Backpack Purse
Authentic Louis Vuitton Handbags Cheap Sale
ugg boots
Coach Outlet Store Online Official Website
michael kors uk
ugg sale
coach outlet online
uggs australia
michael kors outlet stores
ugg boots outlet
canada goose jackets
Abercrombie Short T-Shirts
louis vuitton handbags
cheap jordans,jordan shoes,cheap jordan shoes
Coach Factory Outlet Online Authentic
toms outlet
michael kors outlet
uggs clearance
ray ban sunglasses
michael kors outlet online
canada goose outlet usa
Abercrombie and Co Stoves and Awnings
Christian Louboutin Outlet Authentic Sneakers Online
Louis Vuitton Outlet Factory Online
coach outlet store online
coach factory outlet
Kobe Basketball Shoes For Sale
Jordan Retro 8 Playoffs
coach outlet store online
Michael Kors Factory Outlet Online Official
michael kors outlet
ralph lauren
timberland boots for men

08:08  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home