quinta-feira, maio 15, 2008

Há 7 anos atrás...


Descobri recentemente o Flickr, o portal do Yahoo para a criação de álbuns de fotografia on line, e lá tenho postado algumas fotos de minha autoria (que podem ser visitadas ao clicar no link abaixo dessa postagem), um passatempo e uma de minhas terapias para relaxar de uma carga de atividades que envolvem educação, tecnologia, arte, cultura, história, literatura. Através do Flickr, tenho feito amigos, de fotógrafos amadores como eu, outros até profissionais, de conterrâneos a outros do exterior.
Quando eu era jovem, comecei a ouvir a expressão "aldeia global", referindo-se mais a questão da participação da TV e dos meios de comunicação, daquela época (anos 1970), aproximando cada vez mais as pessoas. Naquele tempo distante, o jovem que fui e que morava na cidade de São José do Norte (vizinha a Rio Grande-RS-Brasil), o ano 2000 era uma expectativa de um futuro vagando entre a família Jetsons (desenhos futurista) e o filme Blade Runner (lançado na década seguinte, 1982, mostrando o ano de 2019, em que um policial caça replicantes, espécie de andróides em forma humana. Hoje a clonagem e a inteligência artificial se aproximam da ficção). Em alguns casos, atingimos o futurismo de Os Jetsons, no que tange a ciência e a tecnologia (internet, informática, fibra ótica, celular, TV digital, cirurgias a distância, e tantos outros avanços) e noutros o visual caótico de um futuro em desequilíbrio (e vejam o efeito estufa, o aumento da camada de ozônio, o aquecimento global, as drásticas mudanças climáticas, a violência, etc). O futuro dirá qual futuro teremos, com base no que decidimos no presente.
Com a globalização e o mundo virtual, onde tudo é traduzido em bits, bytes, etc., a aldeia global promove a integração de culturas (sempre a mais forte prevalecendo sobre a menor, tento como parâmetro a questão econômica e militar). Hoje, literalmente, um indígena pode comunicar-se com o mundo de sua aldeia, no coração da Amazônia, por exemplo, desde que tenha um laptop com a tecnologia wireless (sem fio), o celular favorece a localização e contato entre as pessoas em qualquer parte do mundo, o sistema GPS pode auxiliar na localização de bens e pessoas, etc.
Muitos falam do efeito nocivo que a globalização causa, principalmente na área econômica, com os países em desenvolvimento. Para tudo na vida há prós e contras. E os efeitos da globalização no espaço individual e informatizado também têm seus prós e contras. Sabemos dos perigos da invasão do micromputador e de sistemas informatizados por hackers, vírus e tudo mais. De pessoas que se passam por quem não são e outras situações comprometedoras. Mas há casos da troca de informações entre educadores, colegas, amigos, graças a tecnologia. Ou da simples amizade, e troca de fotografias, como é o caso do Flickr.
Neste novo ambiente, entre os novos amigos que fiz, através de uma foto que coloquei lá, recebi o comentário de uma jovem romena, que fala bulgáro mas que pudemos nos comunicar e ficar amigos por e-mails e comentários no próprio Flickr, através da língua inglesa, favorecido em parte (no meu caso) pela Ferramenta de idiomas do Google. Algo impensável, mesmo no mundo globalizado, não fosse a tecnologia, hoje à disposição de qualquer um, desde que tenha o mínimo de conhecimento em informática. Os jovens dominam esses recursos com facilidade, e nós adultos, ainda que educadores e, na minha situação, especialista em tecnologia educacional, estamos que nem alguns pilotos da Fórmula 1, como retardatários das novidades de última geração, com no mínimo uma volta de atraso dos carros mais velozes... Mas sempre é bom lembrar que juventude e maturidade não são irmãs siamesas. Que tudo vem ao seu tempo. E é na convivência entre jovens e adultos que se consegue o equilíbrio entre os arroubos juvenis e a serenidade da maturidade, ou também entre a acomodação do adulto e a impassividade do jovem. Como já comentei antes neste blog, eu recarrego minha energia muito graças ao convívio com a juventude, e bebo na mesma fonte deles, seja como meus alunos (no núcleo de tecnologia educacional, onde sou multiplicador de informática educativa) ou como colegas (no mestrado, pós e cursos de extensão).
O título "Há sete anos atrás...", e o comentário desta postagem é em decorrência de uma foto da minha nova amiga virtual, a romena Leylla, colocou no Flickr, em que fez uma composição de dois momentos de sua vida. O atual e o de a sete anos atrás, quando era uma adolescente. Se cada um de nós "rebobinasse" a sua memória, o que estaríamos fazendo há exatos sete anos atrás?
Fiz esse exercício de recordação. Não lembro exatamente o que estava fazendo no dia 16/06/2001... Todavia, há sete anos atrás eu desempenhava uma função totalmente diversa da que hoje exerço. Era assessor jurídico na área da Educação, na 18ª Coordenadoria Regional de Educação, dando suporte ao gabinete (coordenadora e coordenador adjunto), aos demais setores da casa (recursos humanos, patrimônio, pedagógico, supletivo, financeiro, etc.), e também às escolas, CPMs, grêmios estudantis, conselhos escolares, etc. Foi uma experiência e uma aprendizagem de vida. Extremamente desgastante (em que lamento algumas atitudes tomadas em função das exigências naturais do cargo, mas não me arrependo de nenhuma, pois sempre foram tomadas na estrita observância do cumprimento legal). Em 2002, interessei-me pela área de informática educacional, e comecei nesse ano simultaneamente curso na área técnica, que me levou no anos seguintes ao NTE/18ªCRE, e depois a retomada dos estudos formais e acadêmicos. Uma espécie de efeito dominó...
Se fizermos essa terapia de "vidas passadas", veremos que a cada 7 ou 10 anos atrás, éramos outra pessoa, e que vamos aprendendo com erros e acertos. Assim é a vida. Eu, particularmente, nesse exercício de "viagem no tempo", percebi uma mudança de rota a cada ciclo de sete anos (o sete é um número recorrente em minha vida, já que nasci em 7/7/1964, que somados dá 34, e 3+4=7). Vejam só: 2008, multiplicador de informática educativa (NTE)/mestrando em Letras (FURG); 2001, assessor jurídico na educação (18ªCRE); 1994, secretário de escola (EEEF Barão de Cêrro Largo), 1987, auxiliar de contabilidade (empresa de pescados) e em 1980 (melhor parar por aqui, risos), estudante.
Caros visitantes do blog Le tra Viva do Roig, façam também esse exercício e lembrem do que eram e faziam há 7 anos atrás, para perceberem as surpresas que terão... Essa regressão, embora não seja hipnótica, nos traz imagens e recordações de alguém que, em parte, deixamos de ser e por outro ponto de vista, nos conduz a pessoa que nos tornamos, graças a vivência e convivência com aqueles de nosso entorno social... Abaixo algumas fotos deste fotógrafo amador.

Meu Flickr

Observação: Vídeo acima, do YouTube, a canção Eu nasci há dez mil anos atrás (de Raul Seixas e Paulo Coelho); mais uma "letra viva" da década de 1970, que resolvi buscar para ilustrar uma postagem. Letra e música que continuam atuais, enquanto outras, embora saturadas pela reprodução maciça no rádio, TV, etc. não durarão mais que o período breve de exposição...

2 Comments:

Blogger Xiaozhengm 520 said...

2015-10-14 xiaozhengm
burberry outlet
Louis Vuitton Backpack Purse
Authentic Louis Vuitton Handbags Cheap Sale
ugg boots
Coach Outlet Store Online Official Website
michael kors uk
ugg sale
coach outlet online
uggs australia
michael kors outlet stores
ugg boots outlet
canada goose jackets
Abercrombie Short T-Shirts
louis vuitton handbags
cheap jordans,jordan shoes,cheap jordan shoes
Coach Factory Outlet Online Authentic
toms outlet
michael kors outlet
uggs clearance
ray ban sunglasses
michael kors outlet online
canada goose outlet usa
Abercrombie and Co Stoves and Awnings
Christian Louboutin Outlet Authentic Sneakers Online
Louis Vuitton Outlet Factory Online
coach outlet store online
coach factory outlet
Kobe Basketball Shoes For Sale
Jordan Retro 8 Playoffs
coach outlet store online
Michael Kors Factory Outlet Online Official
michael kors outlet
ralph lauren
timberland boots for men

08:00  
Blogger dong dong23 said...

michael kors purses
adidas originals
hollister clothing
oakley sunglasses
kobe 11
louis vuitton outlet
louboutin pas cher
louis vuitton handbags
mont blanc pens
ray bans
michael kors handbags
nike uk
jordans
ray ban
jordan 6
ralph lauren outlet
michael kors
christian louboutin outlet
nike air max
tiffany outlet
coach factorty outlet
juicy couture
coach outlet online
michael kors outlet clearance
christian louboutin shoes
coach factory
cheap jordans
nike air max
ugg boots
nike roshe flyknit
true religion shorts
michael kors outlet
fitflops sale clearance
polo ralph shirts
lebron james shoes 12
coach outlet store online
ray ban outlet
louis vuitton
hollister clothing
kevin durant shoes
20164.18wengdongdong

23:58  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home