quinta-feira, agosto 30, 2007

Premiação na 7ª Feira de Tecnologia, Ciências e Artes do Programa de Ingresso do Ensino Superior (PEIES)

Notícia extraída do portal SEDUC-RS: www.educacao.rs.gov.br

Estudantes do Ensino Médio público em Feira de Tecnologia, Ciência e Artes da UFSM

A Escola Estadual de Educação Básica Antônio João Zandoná, de Barra Funda, conquistou premiação na 7ª Feira de Tecnologia, Ciências e Artes do Programa de Ingresso do Ensino Superior (PEIES), promovido pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Dos cinco trabalhos apresentados pela instituição da 39ª Coordenadoria Regional de Educação (39ª CRE), de Carazinho, conquistou o 1° lugar o projeto “Os Super-Heróis e a (Des)construção da Identidade Cultural Brasileira”, feito pelas alunas do 3° ano do Ensino Médio Priscila Demarco, Tâmara Dal Mora e Vanessa Ré, orientadas pela professora Maria Cristina Zandoná Rossato.
O estudo consistiu em mostrar a influência econômica, política e cultural dos filmes de super-heróis, bem como questionar a imagem da justiça, da preservação da espécie, do meio ambiente e da doação da própria vida para salvar o Planeta dos principais poluidores da Terra. As estudantes também apontaram o descaso com as tradições nacionais e a submissão da cultura brasileira.
Segundo as alunas, a idéia do projeto surgiu a partir de uma aula sobre o meio ambiente. Priscila Demarco, 17 anos, destacou a importância da valorização do projeto, pois ele teve por objetivo resgatar a cultura brasileira. “A partir da pesquisa, incentivamos nossos professores a trabalhar mais a nossa cultura em sala de aula”, explicou a estudante. Para Vanessa Ré, 17 anos, a sociedade esqueceu das brincadeiras saudáveis. “Hoje o computador e a televisão são os meios utilizados como diversão”, concluiu.
Na área temática Terra, Ciência do Espaço e Meio Ambiente, as alunas do 2° ano do Ensino Médio Caroline Rupollo, Giovana Barater Fontana e Patrícia Zini conquistaram o 3° lugar com o trabalho “Ervas Daninhas ou Agentes Indicativos?”, orientado pela professora Karine Piaia.
A feira tem o objetivo de estimular os estudantes a reconhecer a importância que têm a ciência, a tecnologia e as artes para a sociedade. Os projetos são apresentados em diferentes áreas temáticas que englobam, de forma criativa e inovadora, a prática do trabalho em todos os componentes curriculares oferecidos na escola. O evento é o segundo maior do país na sua categoria e, em 2007, teve 200 trabalhos inscritos.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home