domingo, outubro 05, 2008

Minha segunda experiência teatral


Em um misterioso e desencantado bosque, mais perto do que pensamos, mora uma bruxa malvada, chamada de Fel, e duas aprendizes de bruxa, sem muita vocação (Mel e Lua) que acabam fazendo amizade com um atrapalhado mágico, chamado Sol, que perdido de seu circo, carrega consigo um segredo. A história, quase uma fábula moderna, trata também, nas entrelinhas, da questão ambiental e do poder do sonho, nesse imenso caldeirão fumegante em que vivemos.
Fel, a bruxa má, tem como ajudantes Lua, que não faz mal a ninguém, e Mel, que tem medo de bruxas. Naquele mundo cinzento e desencantado Sol, personagem misterioso, poderá trazer algum encanto a todos e fazer, quem sabe, que a luz volte àquele local.


Esse fragmento acima, é uma espécie de release da peça teatral, de minha autoria, destinada ao público infanto-juvenil, e intitulada As Travessuras da Bruxa Fel, que será encenada no Teatro Municipal de Rio Grande - RS - Brasil.
Como autor, confesso, é uma nova oportunidade e uma emoção única ver meu segundo texto teatral sair do papel e criar vida.
Em 2006, com a peça "E agora Betinha?" tive a dupla estréia, de escrever para crianças e para o teatro. Desafio superado e reconhecimento obtido, quando Canrobert Brasil, diretor e coordenador do Grupo de Teatro Dupla Face convidou-me para escrever outro texto, dessa feita, sobre a temática ambiental. Naquele momento a imaginação já correu solta, até pelo fato de como educador, também abordar esse tema em projetos de aprendizagem com alunos do ensino regular e da educação especial. Palavra puxa palavra, uma coisa leva a outra, e dentro da convergência entre arte e cultura, tecnologia e educação, acabo sempre utilizando recursos de uma área na outra.
Assisti, mês passado a um ensaio da peça "As Travessuras da Bruxa Fel", e como autor, fiquei encantado. Os atores deram realmente vida ao que eu tinha escrito, e isso é uma emoção única para qualquer autor. Desejo antecipadamente sucesso a todos, e farei o possível para assistir a última sessão (10/10), em vista de estar durante a semana em viagem, participando de Seminários de Núcleos de Tecnologia Educacional (NTEs), promovido pela CATE - Seduc-RS, em Porto Alegre.
A referida peça terá como integrantes/personagens:
Canrobert Brasil (diretor e ator) - o Mágico Sol;
Renata Martirene (atriz) - Bruxa Fel;
Clarissa Moura (atriz) - Bruxa Lua;
Thiele Viega (atriz) - Bruxa Mel.
E conta com o apoio do talentoso cenógrafo José Rover, que foi também o responsável pelo cenário da peça "E agora Betinha?"

Horário das apresentações:
07/10 (terça) - 14h e 15:30h;
08/10 (quarta) - 14h e 15:30h;
09/10 (quinta) - 10h, 14h e 15:30h;
10/10 (sexta) - 10h, 14h, 15:30 h.
E uma sessão extra, às 20:30 horas do dia 10/10, aberta para o público em geral.
As demais sessões são destinados ao público infanto-juvenil de escolas e escolinhas da região. Ainda há algumas sessões com lugares vagos.

Maiores informações ou reservas, podem ser feitas com Canrobert, pelo fone: (053)9964-2693.

Observação: Foto acima, tirada do Grupo Dupla Face comigo, durante o ensaio da peça As Travessuras da Bruxa Fel, no anfiteatro do Campus Cidade da FURG. No detalhe: Clarissa, Canrobert, Bárbara, Renata, Thiele e eu.

4 Comments:

Blogger Elis said...

Bravo!!! Bravíssimo!!!
Zé, você merece tudo! To orgulhosa e muito feliz por você.
Imagino sua emoção em ver um texto seu ganhando corpo, ganhando vida...sucesso, muito sucesso.
Beijo grande.

22:28  
Blogger José Antonio Klaes Roig said...

Oie, Elis, a emoção é parecida como ver um filho começar a falar. hehehehehe Brigadão pelo comentário. Um abração, Zé.

08:38  
Blogger Andréia Alves Pires said...

Eu quero ir com a minha turma!!:) não tem como fazerem uma divulgação lá na escola?? aposto que muitas profes gostariam de levar as suas turmas... bjo, bjo!

20:21  
Blogger José Antonio Klaes Roig said...

Oie, Déia, que legal. Pra ir na escola acho que complica, pois amanhã já iniciam as apresentações. Mas pra levar a turma só ligando pro fone do Canrobert 9964-2693, e vendo dentre as 10 aprsentanções, quais as que tem melhor possibilidade ou disponibilidade. Minha participação nesse projeto é só como autor, a organização é toda dele. Ainda mais que teu amigo tá de viagem marcada pra Porto Alegre amanhã e só volta na 5ªf. noite. Pretendo ver a peça, já com eles caracterizados (assisti só um ensaio) na 6ªf,. a anoite, edição extra pra o público em geral, as demais sessões são pros baixinhos. kkkkk Brigadão pelo apoio. Um abração, Zé.

23:12  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home