segunda-feira, setembro 22, 2008

O jogo da memória II e a aprendizagem baseada na resolução de problemas


O retorno ao tema do jogo da memória (abordado levemente no post anterior), deve-se a um link que pretendo estabelecer com os problemas da aprendizagem baseados justamente na resolução de problemas em salas de aula e ambientes virtuais. Jogar o jogo da memória requer inicialmente sorte, depois habilidade (e, óbviamente, memorização). Conversando com colegas sobre como a aprendizagem funciona de maneira totalmente diversa nesses dois ambientes (sala de aula e laboratório de informática), entre professores e alunos (no chamado paradoxo da modernidade), lembrei-me, por associação de idéias ao comentário, que meu colega Robson Freire fez em um dos post do Letra Viva, referente... Ih, falando de memória, custei a lembrar...
Depois de muito exercício de rememoração, e visitação a alguns posts meus, encontrei o texto de minha autoria Postar é preciso, viver não é preciso (publicado em 21/08/08), em que eu falava da questão da escrita no mundo digital. Robson, que tinha colocado algo similar em seu blog, o Caldeirão de Idéias perguntava se os Professores sabem escrever na internet?
Daí em diante travamos uma conversa através de mensagens sobre a questão da aprendizagem. Em um dos comentários, Robson esclareceu o motivo do seu texto que: (...) nasceu de uma necessidade por conta de uma dificuldade dos professores no Curso de Educação Digital, na fase de transposição de conteúdos reais para os virtuais. A mecânica, ou será habito, do copiar e colar esta muito forte neles. É um tal de Ctrl C e Ctrl V danado. Eles simplesmente copiam o texto e colam. Ai eu falo 'usem o hiperlink', mas a falta de cultura para se adaptar ao meio digital é gritante exatamente como no vídeo Tecnologia ou Metodologia. Outro problema detectado é não saber usar a metodologia de ensino por PBL, que significa Problem Based Learning (Aprendizagem baseada na resolução de problemas), é fundamentada no ensino por meio de resolução de problemas. Eles não sabem mediar ... só sabem reproduzir conteúdo, não sabem ENSINAR. Outra coisa detectada eles não sabem, ou conseguem, ouvir os alunos. Poucos dão ouvidos aos desejos ou anseios da turma. É meu amigo se nos não tentarmos mudar esse quadro, seja mudando a formação inicial, capacitando ou até fazendo 'lavagem cerebral' neles o futuro da educação será bem cinzento.
A postura da maioria do magistério diante da informática ainda é assim, meio travada, temendo expor-se ao erro diante do alunado. Pois não é que essa situação remeteu minha imaginação ao poema de Paulo Leminski, lido pelo prof. Alberto Tornaghi, no encontro regional de formação do Proinfo MEC, em Florianópolis, no início deste mês? Vejam só que curioso o poema abaixo:

ERRA UMA VEZ

Nunca cometo o mesmo erro
duas vezes
já cometo duas três
quatro cinco seis
até esse erro aprender
que só o erro tem vez.


Atualmente, dentro do paradoxo da modernidade, e do uso das TICs, parece-me que o aluno está melhor preparado para a aprendizagem a partir da resolução de problemas, mexendo, errando e aprendendo com o erro com maior desenvoltura que o educador diante de qualquer parafernália tecnológica, ultrapassando fases de jogos complexos e tudo mais, enquanto o professor não ousa pois teme o erro e o dano ao equipamento (além da cultura que lhe ensinou nos bancos escolares a não errar ou demonstrar o erro). Muitos preferem esperar, no que tange às TICs, pelo aguardado responsável pelo LIE, ou que algum curso que traga o manual, o passo-a-passo ou receita de bolo pra resolver todos os seus problemas midiáticos e imediatos. Se errar é humano, conviver com o erro deveria ser algo natural. Para mim, pelo menos é, e não me constranjo de às vezes alguns alunos meus, em projetos de aprendizagem dominarem recursos tecnológicos melhor do que eu, mesmo eu sendo especialista em tecnologia educacional. Mas a formação do professor em geral ainda não comporta o erro ou a desenvoltura quanto a ele. Muito menos expressar diante do aluno o desconhecimento quanto aos multimeios. Talvez aí esteja o maior entrave a inclusão dos professores às TICs em geral. Ou, como falou um colega do Paraná: que possúía entre seus cursistas, professores com necessidades especiais (alusão as TICs). Não é só isso, sejamos justos. Há problemas também de falta de tempo e de infra-estrutura, de adequação do currículo escolar às propostas integradoras, etc, etc, etc. Infelizmente, ainda em nossa sociedade, seja com professores e até mesmo com pais e responsáveis, persiste aquela concepção do "mestre disse". Então, sugiro àqueles que se interessarem por esse tema complexo e envolvente - que deve ser trazido à tona e ao debate escolar - a leitura indicada por Robson da metologia do ensino por PBL, que representa justamente a aprendizagem baseada na resolução de problemas.
Observação: O link abaixo refere-se ao vídeo Helpdesk (acima), que capturei do YouTube, mas que foi também disponibilizado pelo prof. Alberto Tornaghi e equipe Proinfo MEC aos professores/formadores dos Núcleos de Tecnologia Educacional; vídeo que vem de encontro a questão da aprendizagem baseada na resolução de problemas. E que batizei informalmente como "Guttenberg - o Bill Gates da Idade Média"... Afinal, refletir é preciso... E o livro quando surgiu também teve um grande impacto no conhecimento, tal como hoje a informática em nosso cotidiano.
http://br.youtube.com/watch?v=4ZwJZNAU-hE

4 Comments:

Blogger Robson Freire said...

Olá amigo Zé Roig

Que espetáculo de texto, de poema e de vídeo. Adorei a colocação sobre o PBL, e a citação do Caldeirão de Idéias nesse maravilhoso texto.

Hoje coloque 4 ,e não 3 textos como anteriormente havia lhe dito, maravilhosos sobre o uso do celular como forma de cultura e ensino. O "Imagens e práticas pedagógicas no cotidiano das escolas: o celular nas classes de alfabetização" e o "A escola no YouTube" são imperdíveis (mesmo sabendo de sua limitação de tempo sugiro a leitura dos dois).

Nessa nova fase (ou será velha?) da educação onde os jovens estarão sempre a nossa frente em matéria de uso tecnológico, a formação de parcerias é imprescindível para ser um professor da "idade mídia" (usei!!!!!), para isso o saber ouvir, escutar e mediar farão a diferença entre uma aula prazerosa e uma "tortura didático pedagógica".

Abraços e Parabéns

09:53  
Blogger José Antonio Klaes Roig said...

Oi, Robson. Realmente, quando vejo alguns professores reclamarem do alunado, e percebo que as TICs podem ser o diferencial na aprendizagem mútua, de profs. com alunos, mediados pelos multimeios e sua comunidade, percebo que o caminho ainda é logo, mas é possível. para isso, há que se flexibilizar o currículo para a inserção de todos no processo de inclusão tecnológica: os alunos na educação e os profs. na tecnologia. Vou ler sim, o teu novo post, pois isso me interess amuito. Um abraço, amigo. Zé.

10:05  
Blogger Xiaozhengm 520 said...

2015-10-14 xiaozhengm
Prescription Oakley Sunglasses Wholesale
hollister uk sale
Coach Outlet USA Stores
ugg boots
hermes bags
air max 95
michael kors handbags
Authentic Montblanc Pens Sale Online
Louis Vuitton Bags On Sale Cheap
Louis Vuitton Neverfull GM Monogram
canada goose outlet
Michael Kors Online Store Outlet
fitflops
coach factory outlet
michael kors outlet
louis vuitton
Air Jordan Shoes For Women And Men
ugg boots
Red Bottom Shoes Christian Louboutin
nike free run 2,nike free runs,nikes,nike air max 95,nike high tops,air force 1,nike pegasus
cheap jerseys
Nike Lebron James Shoes For Sale
ugg boots sale
louis vuitton handbags
Hollister Shirts For Women
Designer Handbags Louis Vuitton
canada goose jackets
hollister
canada goose outlet
true religion jeans
michael kors handbags
michael kors handbags
Air Jordan 4 Green Glow

08:06  
Blogger dong dong23 said...

michael kors purses
adidas originals
hollister clothing
oakley sunglasses
kobe 11
louis vuitton outlet
louboutin pas cher
louis vuitton handbags
mont blanc pens
ray bans
michael kors handbags
nike uk
jordans
ray ban
jordan 6
ralph lauren outlet
michael kors
christian louboutin outlet
nike air max
tiffany outlet
coach factorty outlet
juicy couture
coach outlet online
michael kors outlet clearance
christian louboutin shoes
coach factory
cheap jordans
nike air max
ugg boots
nike roshe flyknit
true religion shorts
michael kors outlet
fitflops sale clearance
polo ralph shirts
lebron james shoes 12
coach outlet store online
ray ban outlet
louis vuitton
hollister clothing
kevin durant shoes
20164.18wengdongdong

00:00  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home