quinta-feira, fevereiro 21, 2008

Mídias na educação: módulo Rádio


Iniciei neste mês de fevereiro, mais um módulo do Curso de Extensão a distância - Mídias na Educação (UnB-2008), coordenado pela Secretaria de Educação a Distância do MEC. Neste ciclo intermediário, o tema a ser analisado é o Rádio: Aspectos históricos, socioculturais e tecnológicos do Rádio e a Educação . Ainda não pude me dedicar como gostatia, pois estou em fase de escrita dos 3 ensaios para o mestrado em História da Literatura (um deles concluído hoje! e outros 2 a escrever, quem requerem leitura e argumentação, com prazo de entrega para 10 de março> Em março volte de férias, ufa!). Já participei de 2 foruns desta fase do curso de mídias, e mais do que dar a experiência própria, gosto muito de ler os comentários dos colegas, de várias regiões do país, que trazem suas dúvidas e experiências para o debate, visando integrar as diferentes mídias no cotidiano escolar. Um dos aspectos que acho curioso é que não importa o local, seja na região Norte ou na Sul, há muitas similaridades, apesar de vivermos num país do tamanho de um continente. A realidade dos educadores pelo país afora tem sotaques diferentes mas a língua é a mesma, e os desafios também. Cursos como esse são essenciais, não apenas como suporte e capacitação, mas para que seja possível estabelecer contato com outros educadores, num intercâmbio que proporcione que adaptemos à nossa realidade projetos interessantes, colocados em prática noutra região.
O rádio mesmo, é um dos maiores veículos de penetração na cultura popular, com grande audiência em áreas que a televisão, seja a aberta ou a cabo, não tem abrangência. O rádio é um dos meios de comunicação mais democráticos, no sentido de que permite que quem não lê mas escuta, possa ficar a par das notícias de sua região, através das rádios AM, FM e comunitárias. Em pequenos municípios, a famosa "voz do poste", sistema de alto-falantes com pequeno raio de atuação, ainda é um considerável serviço de utilidade pública. Em algumas escolas existem projetos eficientes, tocados em parceria com a comunidade escolar. Saber quais são e divulgá-los é fundamental para que outras escolas vejam as inúmeras possibilidades de integração das mídias no ambiente escolar.
Se for possível, como fiz nos outros módulos, irei postar neste blog alguns comentários meus sobre o tema Rádio. De acordo com a apresentação do curso, o objetivo deste módulo é: conhecer a história deste veículo, percebendo as transformações tecnológicas pelas quais ele passou e suas relações com o contexto social; destacando a importância histórica, social e cultural do rádio. Outro aspecto abordado será a discussão de como esta tecnologia pode estar a serviço de um “ecossistema comunicativo” que privilegie o protagonismo do jovem em diferentes propostas de constituição de uma rádio escolar.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home