domingo, maio 06, 2007

Revista Textual

Conheci a revista Textual, através do empréstimo da mesma pela profª Simone Zogbi, minha parceira no projeto de aprendizagem envolvendo o software Hagaquê (que possibilita que o aluno crie histórias em quadrinhos e as publique na internet).
A revista Textual é editada pelo Sinpro/RS - Sindicato dos Professores do Estado do Rio Grande do Sul, sediado em Porto Alegre, e com página na internet, que poderá ser acessada através do endereço eletrônico, bastando clicar no título desta postagem ou digitando:
Na página da revista Textual podem ser feitos downloads de artigos variados, como também podem ser remetidos artigos para análise prévia e possível publicação, seguindo as normas técnicas da revista, bem como interagir com a publicação, através do e-mail: textual@sinprors.org.br
Na edição de nº8, setembro/2006 (foto acima), pára os educadores, alunso e demais intereassados no tema tecnologia e educação, sugiro a leitura do ensaio "O trabalho do professor e as novas tecnologias", de autoria de Eliane Schlemmer, Mestre em Psicologia do Desenvolvimento (Ufrgs), Bacharel em Informática e Profª do Curso de Pedagogia e do Programa de Pós-Graduação em Educação (Unisinos), dentre outras atividades envolvendo educação e tecnologia.
O referido ensaio tem como subtítulo "Os desafios colocados pelas gerações digitais ao professores que viveram a infãncia e a adolescência na era analógica e as transformações que as novas tecnologias trouxeram para o mundo da escola". Imperdível para quem atua ou pretende atuar com tecnologia no ambiente escolar. Na versão impressa, o texto muito esclarecedor, abarca as páginas 33 a 42.
A revista proporciona a socialização da informação, bastando fazer cópia dos textos. Na edição de setembro/2006 traz na capa o polêmico tema da "Política de Cotas em debate".
Tenho conseguido ampliar as ativifdades no NTE, graças a essa socialização de infromações e conhecimentos entre colegas, amigos e vivitantes de meu blog, que me proporcionam interação e troca de idéias e de experiências nas áreas de tecnologia e educação.
Portanto, apesar da proibição do uso de blogs em alguns laboratórios de informática em escolas e até universidades, como comentei em uma postagem anterior, creio serem esses diários virtuais uma poderosa feramenta de divulgação e de obtenção de apoio para projetos educacionais, se utilizados com critério, objetividade e acima de tudo indicação de outros blogs similares, e assim por diante, criando uma rede de parceiros e apoiadores...

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home