sábado, maio 05, 2007

Orkut: qual o perfil do usuário?

Continuando o tema da postagem anterior (ORKUT), em função das atividades 11 e 12, da disciplina Proa12, turma 3 RS, na qual sou cursista da especialização em TICs na promoção da aprendizagem (UFRGS-2006/2007), continuo a analisar a mídia escolhida pelos alunos da 8ª série, turma 81 de escola pública estadual (Rio Grande-RS-Brasil) para estabelecer um roteiro de prática futura no laboratório do NTE/18ªCRE.
Antes de mais nada, o Orkut é um ambiente virtual, no gênero relacionamentos a distância, restrito aos integrantes de uma comunidade (através de convite mediante um endereço eletrônico), que poderá se subdividir em várias outras comunidades por tema (futebol, música, arte, etc, ou até grupo de amigos de uma pessoa em especial, entre outras formas). Recebendo o convite, fazendo um cadastro prévio, pode-se criar um perfil, ou página, onde podem ser listadas preferências, gostos, dados pessoais, fotos, depoimentos de amigos, etc. Nesse ambiente há a possibilidade de encontrar amigos, parentes, fazer novos amigos e ser reconhecido por amigos distantes, conhecer familiares espalhados pelo mundo virtual, discutir em fóruns sobre os mais variados temas, por área de interesse, enfim, conhecer e ser conhecido por uma rede de pessoas que vão interagindo e se comunicando.
O objetivo do orkut é aproximar pessoas, criar comunidades de relacionamento, por áreas de interesse em comum. Atualmente jovens e brasileiros são seu público usuário principal. As estratégias são de enviar convite aos amigos para que acessem o site http://www.orkut.com/, e lá façam seu cadastro de dados e criem seu perfil, com fotos e outros dados que a pessoas achar necessários. A maior parte dos usuários atuais são jovens e brasileiros.
A estrutura básica é de criar uma rede de amigos, que cada vez mais irá aumentando a partir do ingresso de um convidado que convidará outros, e assim por diante, já na rede ou fora dela para fazerem parte de sua lista de contatos (amigos). É dividido em perfis individuais (onde os usuários se agregam em torno de um contato) e comunidades (onde se agregam por temas os mais variados possíveis, desde artísiticos e culturais, até humorísticos e banais). Existem muitas fotos que cada usuário disponibiliza num álbum; há também publicidade enviada pelos integrantes, informando de suas atividades particulares, via scrap (recados) em bloco; atualmente pode-se, não apenas enviar e receber mensagens, mas fazer esse contato instantâneo, casos os contatatos estejam on-line. Os pontos altos do orkut são a possibilidade de estabelecer uma rede ampla de amizades, para trocar idéias, conhecer amigos, reencontrar colegas de infância, pessoas distantes, via internet. São lado negatico ou efeito colateral é o de expor demasiadamente a "vida e obra" de seus usuários a pessoas nem sempre interessadas em amizades, mas em utilização indevida de textos, fotos, imagens etc com objetivos excusos. Atualmente, no orkut tem proliferado vírus e perfis clonados (copiados sem aucomnhecimento nem autorização do usuário). Ou seja, pessoas maldosas que copiam e criam novos perfis de pessoas fidedignas para xingar, ridicularizar, mandar imagens ou textos obcenos em nome de outro. No mundo virtual, como no real, existem todo tipo de pessoa, e todo cuidado é pouco quando se trata de expor nossa vida e pessoas nós ligadas num ambiente digital. Aconselha-se que os recados, após lidos sejam apagados, justamente para que esse "usuários inexcrupulosos" não tomem conhecimento nem os utilizem de forma inadequada e não autorizada.
Entretanto, apesar desse tipo de exposição involuntária, o Orkut, se bem utilizado (e cabe dizer que uma prosaica faca de cortar pão pode ser uma terrível arma, dependendo de seu "usuário"...), pode ser um bom aliado da educação, aproximando alunos, colegas ou amigos, turmas, séries, escolas, educadores, para discutir em foruns de comunidades suas experiências no ambiente escolar. Para maiores detalhes dessa assertiva, favor ler a postagem anterior, sobre o mesmo tema.
Observação: imagem extraída da internet, chamada de "Cherreg", de Gnazax (pseudônimo do autor).

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home