terça-feira, maio 05, 2009

Edublogs: A sala de aula reinventada


Foi com grata satisfação que hoje, ao abrir a revista A Rede - tecnologia para a inclusão social, em sua versão impressa, deparei-me na coluna N@escola com a matéria intitulada A sala de aula reinventada: professores descobrem os edublogs e escrevem (literalmente) a vanguarda da educação. A autoria do texto é de Áurea Lopes e traz entre os entrevistados a professora Suzana Gutierrez, editora do blog Su/ Gutierrez.
No texto muito esclarecedor para quem deseja tornar-se um blogueiro educacional, traz a definição para Edublog: "Weblog cujo principal objetivo é apoiar um processo de ensino-aprendizagem em um conceito educativo".
Conforme as palavras da própria profª. Su Gutierrez, considerada uma das pioneiras do uso de blogs na educação (e que foi minha professora na oficina de criação de blogs durante a especialização em TICs na Promoção da Aprendizagem - UFRGS - 2007):

"Um trabalho feito em blog é dialógico. Permite que o blogueiro retorne à própria produção, faça uma reinterpretação. O mais importante passa a ser o processo e não o resultado final. Se alguma coisa é feita errada, não se apaga, mas se faz novamente, corrigindo. O aluno aprende que o erro faz parte, não é vergonhoso", p. 36 Revista A Rede.

Suzana Gutierrez é engenheira e professora de Educação Física no Colégio Militar de Porto Alegre, também pesquisadora do Núcleo de Pesquisa sobre trabalho, movimentos sociais e educação (Tramse) da Universidade Fereal do Rio Grande do Sul.

A construção pública do conhecimento

De acordo com Áurea Lopes:
"Para exemplificar o potencial de um edublog, Suzana descreve um dos projetos multidisciplinares realizados no colégio, em 2008, cujo tema foi a vinda da família real portuguesa ao Brasil. Estudantes do Ensino Médio se dividiram em grupos e cada grupo criou seu blog, para desenvolver seu trabalho. Foram cerca de 36 grupos na seis turmas, cada um orientado por dois ou três professores. Cada professor orientou uma média de seis grupos. Nada foi feito em papel, contou a professora". p. 36 A Rede.

Para Suzana: "Os trabalhos foram construídos publicamente, não teve aquela história de cada um faz um pedaço e junta tudo pra entregar. Os alunos puderam acompanhar os trabalhos uns dos outros e interagir, enriquecendo a compreensão. Quando um grupo visitava o blog de outro, tinha novas ideias, ia atrás de coisas para incrementar a sua página". p. 36-37 A Rede.

Um espaço virtual com possibilidades infinitas

Um edublog é de fato um ambiente virtual, pois:

"Com possibilidades infinitamente mais amplas do que uma sala de aula, um blog é capaz de concentrar, em um único ambiente interativo, uma grande diversidade de materiais pedagógicos: narrativas, fotos, exercícios, análise de obras literárias, opinião sobre atualidades, relatórios de estudos do meio, desenhos, vídeos produzidos por alunos etc. Mas o que faz a diferença e garante os bons resultados não é a ferramenta, em si. O segredo está em ter um projeto, alertam os especialistas". p. 37 A Rede.

Na parte final da matéria, traz boas sugestões:

SETE MOTIVOS PARA UM PROFESSOR CRIAR UM BLOG:

1. É divertido
Não há nada que legitime mais uma atividade que o fato de ser divertida. Um blog é assim: pensou, escreveu. E depois os outros comentam. Como os blogs costumam ter uma linguagem cotidiana, não há compromisso nem necessidade de textos longos, apesar de não serem proibidos.

2. Aproxima professores e alunos
Com o blog, o professor se comunica com os alunos em um meio conhecido por eles, o que favorece a troca de ideias mais intensa.

3. Permite refletir sobre as colocações
Ao ter suas colocações comentadas pelo alunos, o professor tem oportunidade de refinar o discurso, descobrir o que desperta polêmica, o que precisa ser melhor explicado.

4. Liga o professor ao mundo
Os blogs reservam espaços para links, o que obriga o professor a pesquisar para oferecer sugestões.

5. Amplia a aula
Aquilo que não foi debatido nos 45 minutos de aula pode ser explorado com maior profundidade em outro tempo e espaço. Alunos podem aproveitar para tirar dúvidas, ampliar o tema.

6. Permite trocar experiências com colegas
É muito comum que os professores entre nos blogs uns dos outros, propiciando uma troca de experiências muito rica. Até professores de turnos, unidades e mesmo escolas diferentes podem interagir uns com os outros.

7. Torna o trabalho visível
O professor que tem um blog tem mais possibilidades de ter seu trabalho visto e comentado.

Alguns blogs indicados pela A Rede:

Edublogosfera
Aprendendo em rede
Su / Gutierrez
Lousa Digital
Educarede
Webeduca
Tecnologia educacional

Aproveito também para indicar algumas páginas que permitem a criação e a manutenção de um ou mais blogs:

Blogger
Wordpress / Brasil

2 Comments:

Anonymous vera said...

bárbaro! o pessoal do grupo foi mesmo inovador e a gente sente que a coisa está se disseminando.....suzana, marli, fátima, leonor....tem muita, mas muita gente boa ali!abç vera

13:12  
Blogger José Antonio Klaes Roig said...

oi, vera. com certeza. em tudo na vida é preciso os precursores pra mostrarem aos demais o caminho áruo das pedras e também dos bits e bytes, hehehehe. Um abraço, Zé.

17:46  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home