segunda-feira, maio 05, 2008

Caldeirão de Idéias na Revista A Rede


Apesar desse bombardeio diário de notícias escabrosas de crimes e suspeitas de crimes, envolvendo pais contra seus filhos, no Brasil e no exterior, para daqui um tempo, surgido novo escândalo nada mais se falar disso (alguém sabe o que aconteceu com a família do menino arrastado pelo cinto de segurança, e que ficou semanas nessa exposição macabra da mídia, querendo alguns pontos a mais na audiência?)... Há que se divulgar notícias que a grande mídia infelizmente não interessa divulgar, principalmente no que tange a projetos e atividades de educadores, escolas, instituições e sociedade civil (a não ser que tenha algum componente polêmico ou que gere alguma polêmica mantida a base do achismo e do ouvi dizer...). Sabemos que boas notícias existem sim, apesar do noticiário fazer-nos crer que vivemos dentro do mais completo caos. Mas raramente chegam tais notícias engrandecedoras aos notíciários, ou se chegam, muitas vezes é como nota de rodapé e não mais que isso. Manchetes só para casos polêmicos, parece a tônica da grande mídia, que muitas vezes sugere que a educação resolva todos os problemas sociais - sem fazer o mea culpa, daqueles surgidos a partir da guia de sua própria programação. No México, por exemplo, a presença da TV na vida do país é similar à brasileira, entretanto, basta ver o conteúdo ingênuo de programas (como Chaves e etc) e telenovelas (feito Chiquititas, RBD, Maria do Bairro, Maria disso e daquilo) para comprovar a diferença de enfoque. Aqui, parece que tudo é pretexto pra se fazer merchandising ou mostrar corpos seminus (e isso que nem falo de reality shows), sem que o contexto exija tal situação.
Apesar disso, há coisas boas sendo feitas, que a grande mídia desconhece. Refiro-me, entre vários casos que tenho destacado neste blog, ao do blog Caldeirão de Idéias, do colega e amigo Robson Freire, do NTE Itaperuna - RJ, indicado pela Revista A Rede - tecnologia para inclusão social, na seção Carta de navegação, dentro da reportagem sobre comunidades virtuais. Quem conhece o trabalho desenvolvido por Robson no Caldeirão, de divulgar dados e fatos sobre a tecnologia educacional, bem como refletir sobre o cotidiano escolar e social, e suas simplicações, pode confirmar que o destaque é merecido. É um privilégio ter Robson como amigo e colega, que mesmo a distância auxilia a mim e outros educadores nesse desafio de fazer uma inclusão tecnológica, pedagógica e social. Parabéns a Robson e a todos os educadores que não são notícia na grande mídia, mas que nem por isso deixam de fazer a diferença no mundo real.

2 Comments:

Blogger Robson Freire said...

Olá Querido Amigo

Me emocionei com suas palavras e fiquei muito feliz em saber que me tens em mais alta consideração. O trabalho do Caldeirão de Idéias assim como o do Letra Viva é fruto de muito tempo de dedicação, em meio ao nosso caos diário, pois diante de tantas obrigações e funções (pai, marido, professor, servidor estadual, estudante universitário, conselheiro tecnológico)desenvolvidas por nos. Quantas vezes escrevemos um texto com conteúdo de vital importância educacional e nem um comentariozinho sequer aparece. Mas não desistimos e vamos em frente esperando e finalmente acontece o tão esperado comentário. É um êxtase só. Nos aminamos e vamos em frente renovados pronto para novas postagens. Nosso projeto de desenvolver uma atividade conjunta já entrou em pauta aqui no nosso NTE e estamos preparando alguma coisa em base de suas sugestões. Aproveito e convido o amigo a participar levando o Letra Viva a unir-se na luta contra o Bulliyng junto com o Caldeirão de Idéias e o Palavra Aberta da Profª Gladis. Seria uma honra ser brindado com um maravilhoso texto de sua autoria neste projeto de vital importância, pois aborda o tema mais em pauta nesses dias de "apocalipse": a violência. Espero sinceramente contar com a sua participação. Mais uma vez obrigado por seu elogio que eu estendo a você tambem.
Abraços do amigo eterno

21:54  
Blogger José Antonio Klaes Roig said...

Caro Robson, não fiz mais do que a obrigação de todo educador e blogueiro educacional que se prexe, de usar seu diário/jornal virtual pra divulgar o mundo, além de seu próprio umbigo. Entendo que blog educacional é pre registrar reflexões e divulgar projetos e atividades próprias e de terceiros. Teu blog é riquíssimo em conteúdo, que me serve de refência, juntamente com outros de colegas que se tornaram amigos. A educação a distãncia pode dar certo, através dessa rede de amigos e colegas virtuais que trcoam idéias, ideais e experiências de vida. Eu é que agradeço o privilégio de valorizar meu blog com conteúdos de terceiros, como é o teu caso. Vamos sim ampliar essa parceria tecnológica e educacional. Um grande abraço do colega e amigo, Zé.

15:07  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home