segunda-feira, junho 25, 2007

Google Earth no laboratório do NTE

Ocorreu hoje pela manhã das 8 às 10h, atividade utilizando o software Google Earth, no laboratório do NTE Rio Grande/18ªCRE, com o profesor parcerio Everton de Aguiar, na disciplina de Geografia, turmas 81 e 82, da 8ª série do Ensino Fundamental da EEEF Barão de Cêrro Largo, de Rio Grande.
O Google Earth (Terra), proporciona a localização, através de imagens de satélite, de cidades, pontos turístico, mapeamento, etc. O arquivo tem o tamanho de aproximadamente 15MB, e leva em torno de 15 minutos para ser baixado.
O prof. Everton, que também é professor de História, fez relações, não apenas geográficas mas históricas, entre cidades como Paris, na França, e São Paulo, no Brasil, mostrando a questão da urbanização das mesmas; depois com Porto Alegre-RS e Bucareste, na Romênia, com Rio Grande-RS e Roma, na Itália. Comentou a questão da urbanização em alguns bairros de Rio Grande, inspirados no modelo francês. E o que achei interessante também, foi a associação que os alunos fizeram, ligando cinema, arte, literatura, com alguns pontos mostrados pelo datashow na tela... Um deles, ao ser mostrado O Museu do Louvre, em Paris, um dos alunos associou ao Código Da Vinci, best-seller, de Dan Brown; já no Coliseu, outro aluno, com o filme Gladiador, de Ridley Scott, premiado com Oscar; etc. Ao visualizarem pela primeira vez a resoiluçaõ de imagem, que aproxima o foco até próximo de serem vistas casas, carros e até pesoas, ouvi dos presentes expressões como: "Tri massa!", "Tri afu...", "Muito louco esse bagulho", etc. Èverton, com muita precisão foi passando conteúdos de Geografia e História. Com a turma 82, teve a colaboração da intérprete de Libras, Cristine Mendonça, que apontou alguns recursos de rotação da imagem, de inclinação da mesma. Na turma 82 tem alunos surdos incluídos em classe regular, num projeto da escola Barão. No localizador do Google Earth, se colocarmos alguns dados como cidade, rua, nº de casa, ele se posiona sobre a mesa, apontando a localização exata. Não são imagens em tempo real, mas é um recurso interessantíssimo para usar com alunos e professores, nasmais variadas disciplinas, e não somente em História e Geografia... Foi uma atividade muito produtiva, não apenas com os alunos, mas também para todos os envolvidos, principalmente pra mim, que não tinha ainda utilizado o Google Earth, e que já esá instalado em uma das máquinas para futura utilização. Tirei algumas fotos com as turmas, para postar posteriormente.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home