terça-feira, junho 26, 2007

Atividade 5 do SuperLogo - Oficina Proa16 A

Caros professores e colegas da especialização em TICs na Promoção da Aprendizagem (UFRGS-2006/2007), ainda não consegui realizar a atividade nº. 5 do Proa16A - Limites e Funcionamento do Computador, usando o software SuperLogo para fazer um programa em LOGO que imprima somente as notas daqueles aprendizes que obtiveram nota acima de 5,0. As notas foram: 10, 4, 6, 7, 9, 8, 6, 3, 7, 2, 9, 9, 3, 8 e 4. Agora sei o motivo do Logo ser uma Tartaruga! Por mais que tentemos avançar, o programa nos exige muito raciocício. E o tempo passa sem sentirmos, até pelo fato de não termos tempo disponível o suficiente... Como outros colegas, tentei várias vezes, usei alguns comandos, mas não realizei a atividade, como proposta. A partir da observação de comandos dos demais colegas, noutras atividades, pude fazer os meus desenhos. Todavia, na atividade 5, ainda não tive sucesso, na base de tentativa, erro e acerto... Por enquanto estou só na fase de tentativas e erros... Mas sou persistente. Sei que é uma linguagem de máquina, que não difere de uma língua estrangeira. Enquanto não aprendemos a pensar nessa linguagem não entendemos nem conseguimos "falar" esse "idioma" novo. Espero pode concluir dentro dos prazos. Embora, creio já ter ultrapassado... Mas nem isso tenho certeza. terei que ver o calendário. Não sou teimoso, mas persistente. Mas o maior problema, confesso, não são as atividades, mas a absoluta falta de tempo, já que todos nós, cursistas (e creio que também profesores/orientadores e tutores) acumulamos atividades extras. O ideal seria dedicação exclusiva para uma especialização, que envolve recursos tão dinâmicos que favorecerão nossas atividades educacionais. Porém, sabemos de antemão que o ideal na educação e na sociedade nem sempre é atingido, e sim o possível. Dentro da medida do possível (e qual será essa forma de medir o possível???) tentarei cumprir essa atividade. O SuperLogo pode ser utilizado não apenas na matemática e na educação artística, mas também na geometria, em oficinas que justamente estimulem o raciocínio lógico, espacial, matemático de professores e alunos... Apesar desses atropelos, estou gostando da oficina, principalmente pelo apoio de colegas a distância, mesmo que eles nem saibam, quando disponibilizam comandos aos demais. A partir da observação de alguns comandos desses colegas, copiei alguns e fui ousando outros, por experimentação. As cores, fui descobrindo, mudando o número do comando MUDE CL, antes de iniciar os desenhos. Ai fiz uma pequena tabela de cores pra me guiar. Quando usamos qualquer tipo de jogo educacional, ou de projeto educacional ou de vida, temos que definir antes, estratégias de atuação... Seja no mundo virtual como no real, ter estratégia é sinônimo de poder avançar fases e desafios cada vez maiores... Apesar de ter aprendido alguns comandos, os dessa atividade 5 ainda não pude colocar em prática. Assim sendo, continuarei tentanto, e pra não passar em branco, peço a compreensão dos professores, pois tive que copiar os comando da colega Adriana, que copiou da colega Rachel, postando em minha página no wiki. Assim que concluir essa atividade, postarei lá minhas conclusões.
Observação: a imagem acima, extraída da internet (www.lojadocarocha.pt/apanhados.htm), de um fusquinha estilizado em forma de tartaruga, lembra-me muito meu raciocínio diante do SuperLogo: custa a deslanchar, sonhando um dia ser uma Ferrari. Risos. Mas, como diz aquele ditado popular: Devagar se vai ao longe! Como todo fusquinha, conto com o apoio dos colegas e amigos pra emburrar quando eu empacar. Abraços a todos!

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home