segunda-feira, maio 07, 2007

Proa7 Tecnologias Assistivas: atividade concluída

Hoje a tarde, o grupo 4, composto por mim, Helenita Leal, Ilane Cichilero, Grede Brasil e Janaina Martins, concluiu a atividade do proa 7, da especialização em TICs na Promoção da Aprendizagem (Ufrgs-2006/2007), em que consistia em criar um blog e uma página no wiki sobre as tecnologias assistivas. Embora pudessêmos escolher uma das tecnologias para pesquisar, optamos em tratar das tecnologias assistivas, em geral, e seu uso na educação. O trabalho em grupo foi muito instigante. Pela primeira vez pude usar o skype, que é um software similar ao MSN, que permite que falemos como numa ligação telefônica, só que com custo zero. Pelo skype eu, Helenita e Ilane pudemos organizar e distribuir as tarefas, já que Grede e Janaina não puderam acessar o referido recurso. Mesmo assim, ambas contribuíram bastante com o trabalho.
Fui indicado mediador do grupo, mas desde o início, solicitei às colegas apoio, pois não me considerava no momento a pessoa ideal pra tal função. Mas acabei permanecendo, e Helenita foi a colega que mais me ajudou nessa mediação, criando a página no wiki, o primeiro mapa conceitual e a partir dele, direcionando a pesquisa, que partir de um fator original: antes de só pesquisar o que eram as TAs, Helenita sugeriu e elaborou o esboço, e todos os integrantes do grupo concordaram, de propormos um projeto de inclusão das tecnologias assistivas no ambiente escolar, analisando a quem compete gerir os recursos humanos, financeiros, tecnológicos, etc. O trabalho, na minha opinião, ficou muito interessante, podendo ser conferido na íntegra, clicando no título desta postagem que é um link (atalho) pro projeto final.
Observação: foto acima é exemplo de uma tecnologia assistiva, doação da Brasil Telecom: telefone para surdos, instalado em 2006, na EEEF Barão de Cêrro Largo, onde também funciona o NTE-Rio Grande. O telefone trata-se de um aparelho especial, por meio do qual uma pessoa surda pode se comunicar com qualquer outra pessoa, usando a Central de Atendimento ao Surdo da empresa. Por esse aparelho, digitando o nº 142, é feito contato com a central, onde há uma atendente que recebe as mensagens e repassa ao ouvinte. Depois transmite a resposta à pessoa surda, que poderá ler no visor de seu aparelho.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home