sexta-feira, outubro 12, 2007

Um outro modelo de civilização


Notícia extraída do portal Yahoo! Brasil, trata de invento de estudantes do Instituto de Tecnologia de Massachussets (MIT), que conseguiram criar um dipositivo capaz de gerar energia elétrica para alimentar a bateria de um celular durante 6 meses, a partir da utilização de folhas e gramas. Para ler a notícia na ítegra, basta clicar no link abaixo:
Estudantes do MIT e seu novo invento
O protótipo, ainda em fase experimental é um grande alento para os países em desenvolvimento, como diz a matéria, tão carentes de recursos energéticos. Mas uma coisa é certa, vivemos dentro de um modelo globalizante de civilização, que desde a 2ª Guerra Mundial, mudou o eixo da Terra, do ponto de vista político, econômico, ideológico, ético e tudo mais. Se a Guerra Fria não destruiu o mundo, os efeitos (estufa, aquecimento global, lixo, superpopulação, drogas e etc) do pós-guerra deixaram suas marcas em todos. Hoje, com a queda do muro de Berlim, há apenas um modelo civilizatório, do tipo fast food. Do consumismo exacerbado, que quem trabalha com tecnologia, como é o meu caso, percebe. Há um processo de descartabilidade de coisas e pessoas. Há quase 1 aparelho celular per capita no país. As pessoas trocam de modelo, ora por que é descartável mesmo e apresenta defeito logo, ou pelo fato de que novo modelo traz um "efeito especial" que o outro não tinha: câmera digital; MP3; rádio; internet; games, etc. Os equipamentos são substituídos pelo fato de que os novos sistemas operacionais os tornam obsoletos ainda com o termo de garantia vigente.
Algum tempo atrás, assisti estupefato, documentário apresentado, se não me falha a memória, pelo canal a cabo A&E Mundo, tratando da batalha judicial que um inventor americano travou, até as últimas instâncias estadounidenses para poder patentear e comercializar um motor a base de eletromagnetismo que acabaria com a necessidade de combustíveis fósseis. Imaginem só a disputa e o lobby que movimentou tal discórdia. O inventor teve que vender bens para custear invento, e mesmo assim não conseguiu o registro da patente, que se realmente funcionasse, poderia mudar a lógica do sistema bélico-petrolífero que comanda o mundo, e elege presidentes, de pai para filho, como uma dinastia. Da noite para o dia, magnatas e cheiques do petróleo dormiriam ricos e amanheceria donos de óleo escuro sem mais valor comercial. Não sou muito de acreditar em teorias da conspiração, mas que existem coisas que nem desconfiamos nos bastidores da política, isso existe sim.
Para quem se interessa por inventos e inventores, sugiro assistir ao filme Tucker, um homem e seu sonho, de Francis Ford Coppola, baseado em fatos reais, todavia no campo automobilístico, que também gerou muitos efeitos nas grandes empresas do setor, pois Tucker sem querer quase quebrou poderoso e disfarçado monopólio, que acabou com seu sonho americano. Carros e motores, dois grandes inventores arruinados por interesses em torno de um modelo civilizatório/predatório que tem levado o mundo a um preocupante panorama. Por sinal, quem é a favor do petróleo é contra o controle da emissão de poluentes, e recusa-se a assinar o Protocolo de Quioto. Assistam também ao vídeo Uma Verdade Incoveniente, produzido pelo ex-vice-presidente norte-americano Al Gore, que recentemente foram premiados com Oscar (o vídeo) e o Prêmio Nobel da Paz (o homem). Gore perdeu a eleição, justo no estado onde o irmão do "presidente eleito" não conseguiu evitar suspeitas de fraudes em cartões perfurados de votação. E o "Mundo Livre", mais uma vez teve que ceder aos interesses indisfarçáveis da indústria bélica e petrolífera. Enquanto não mudarmos o modelo predatório em curso, nossa civilização caminhará sem rumo.
Porém, anúncios de inventos como esse, de estudantes do MIT, como também o laptop de 100 dólares, mostram que é possível mudar a lógica e o eixo de um modelo nocivo e infeliz. Mas para isso, é preciso conscientização e muita mobilização sobre esses cidadãos "acima de qualquer suspeita" e seus salões ovais. O ovo de Colombo, outro invento curioso, que merece um dia uma postagem.
Observação: Imagem acima extraída da internet, do endereço deviantART.com, intitulada "Urban Culture", de Ratpat13 (pseudônimo do autor).

2 Comments:

Blogger ro_card said...

Querido,

Parabéns por teu trabalho!!!
É sempre um prazer encontrar um colega tão versátil e íntimo das palavras.
Adorei a postagem anterior sobre o "Dia da Criança", me identifico muito com a tua busca.
Um abraço e PARABÉNS pelo dia do PROFESSOR!!!
São poucos os profissionais, nessa área, que encontramos pelo caminho, cujo trabalho é de tirar o chapéu.
Você é um desses: VIDA LONGA PARA TUAS BUSCAS E TRABALHO!!!
Um abraço,
Rosane

12:10  
Blogger Unknown said...

jordan shoes
coach factorty outlet online
louis vuitton handbags
christian louboutin
louis vuitton outlet
michael kors
michael kors
hollister kids
louboutin
timberland canada
cheap air max shoes
copy watches
air max uk
michael kors outlet
louis vuitton
timberland uk
prada bags
kate spade
burberry bags
pandora jewelry
chanel bags
coach factory outlet
ralph lauren uk
coach outlet
louis vuitton
concord 11s
jordan 11
ralph lauren bedding
michael kors uk
abercrombie kids
oakley outlet
longchamp outlet
burberry handbags
air max uk
cheap oakleys
mulberry uk
20150713xiong

04:46  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home