sábado, agosto 11, 2007

Esporte também é inclusão escolar






Hoje à tarde, eu, esposa e filho fomos ver o time da EEEF Barão de Cêrro Largo (foto 1, de cima pra baixo), no torneio Guri Bom de Bola, no campo de futebol da Praça do Quartel (fotos 2 e 3), em Rio Grande. Tivemos sorte. Ao chegarmos, estavam perdendo de 1x0; mas empataram, com gol de Lenin e viraram com gol de Marcelo (foto 4). Depois foi aquela vibração (foto 5). Alguns destes garotos são alunos de minha esposa, profª Elisabete, de Matemática; outros participam comigo de projeto de aprendizagem, em Hagaquê (histórias em quadrinhos), no NTE, como é o caso de Vinícius, o zagueirão do time. Unir o útil ao agradável, um dos grandes desafios e lições que se pode ter na vida. O esporte na educação é um grande fator de inclusão escolar, de melhoria do desempenho do aluno e de parceria (dentro e fora da escola) entre professor e educandos. A responsável pelo time é a profª. de Educação Física Beatriz Braga Gautério. E, diga-se de passagem, sabe mais de treinar e escalar um time que o Gallo, ex-treinador do meu Sport Club Internacional. Risos. Alguns craques dos gramados, como Dunga, Ronaldinho Gaúcho, Leonardo, Raí, Cafu, entre outros, já descobriram a grande possibilidade de socialização da garotada, através do esporte. Mente sã em corpo são. A Escola Técnica Getúlio Vargas, através de seu prof. José Luiz Rossales, também faz um grande trabalho, unindo educação e esporte. Outros exemplos existem aos montes, mas a grande mídia prefere apenas central o foco em personagens de Reality Show, que de realidade muito pouco tem a mostrar.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home